Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Petição online contra radares em Lisboa

Uma petição online dirigida à Câmara de Lisboa para que os radares passem a contar o limite de velocidade a 80km/h conta já com mais de 5 mil subscritores.

O limite dos 50km por hora imposto pelos radares instalados pela Câmara Municipal de Lisboa "dá sono, propicia distracções, provoca travagens bruscas e emperra visivelmente a circulação", refere o texto de uma petição que está a circular na Internet, dirigida ao presidente da autarquia, António Costa.

O documento, que até à publicação desta notícia já contava com 5.483 assinaturas, defende que "como não é possível impor a todos os automóveis um limite de zero quilómetros à hora, por forma a evitar todos os acidentes, temos de encontrar um equilíbrio razoável entre a velocidade e os riscos". No entanto, acrescenta," esse equilíbrio não é, certamente, 50km/h".

Com este argumento, os subscritores da petição pretendem que os radares passem a limitar a velocidade "não a 50 mas a 80km/h em todos os locais que tenham pelo menos quatro faixas de rodagem e baixa frequência de atravessamentos".

Recorde-se que mais de 2.500 infracções estão a ser detectadas pelos radares diariamente em Lisboa. Ao fim de uma semana, foram registados 17.800 condutores em excesso de velocidade. Feitas as contas, o limite de velocidade já  resultou em um milhão de euros de receitas, dos quais 320 mil terão como destino os confres da autarquia.

Consultado pelo Expresso durante o dia de ontem, o gabinete de imprensa da presidência da CML ainda não deu qualquer resposta.