Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

O eterno Super-Homem

O actor que durante anos fez de Super-Homem morreu em 2004, 11 anos depois de uma queda de um cavalo o ter deixado totalmente paralisado.

Para uma determinada geração ele era a cara do Super-Homem. Christopher Reeve interpretou pela primeira vez a personagem em 1978, o que haveria de voltar a fazer por diversas vezes.

Conciliava uma constituição física robusta, com o ar de rapaz delicado e um pouco tímido, conforme requeria a sua personagem. Apesar de ter participado em muitos outros filmes, foi Super-Homem que conferiu maior destaque a uma carreira que terminou abruptamente em 1995, quando o actor ficou paralisado devido a um acidente enquanto montava a cavalo.

Christopher Reeve acabaria por vir a falecer onze anos depois, com 52 anos, devido a uma insuficiência cardíaca. Antes disso deixou um exemplo de força e determinação. Com a sua mulher, criou o primeiro centro nos Estados Unidos destinado a ensinar pessoas paralisadas a tornarem-se mais independentes. Escreveu uma autobiografia intitulada «Still Me» que se tornou num «best seller». Estava a trabalhar noutro livro quando morreu.

Antes de Reeve, já haviam interpretado a personagem do Super-Homem os actores Kirk Alyn, George Reeves, Dean Cain e Tom Welling.