Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

MP pede penas superiores a cinco anos de prisão para todos os arguidos

Na conclusão das suas alegações finais, o procurador João Aibéo afirmou que o Ministério Público "não vê que a pena concreta deva dar possibilidade a pena suspensa, pelo que nunca deve ser igual ou inferior a cinco anos".

O Ministério Público defendeu hoje penas superiorres a cinco anos de prisão para todos os sete arguidos do processo Casa Pia, de maneira a não permitir penas suspensas.

Na conclusão das suas alegações finais, o procurador João Aibéo afirmou que o Ministério Público "não vê que a pena concreta deva dar possibilidade a pena suspensa, pelo que nunca deve ser igual ou inferior a cinco anos".

O procurador ressalvou que não pediu penas concretas nesta fase devido ao número de alterações substanciais e não substanciais dos factos da pronúncia que sugeriu ao tribunal, não sabendo quais serão acolhidas, rejeitadas ou eventualmente acrescentadas pelo tribunal.