Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Monumento a Estaline retirado da sua terra natal

A primeira tentativa de desmontagem do monumento foi feita há dois anos. Porém, só à segunda vez é que as autoridades georgianas conseguiram retirar a estátua de Estaline.

O monumento ao ditador comunista soviético José Estaline (1879-1953) foi retirado secretamente na madrugada passada da praça central de Gori, sua terra natal. O lugar será ocupado por um monumento aos "heróis mortos na guerra contra a Rússia em Agosto de 2008". 

O monumento de 15 metros de altura, erigido em 1952, será transferido para o Museu José Estaline, situado a algumas centenas de metros da praça.

Segundo a rário Imédi, "os habitantes da cidade não foram prevenidos da decisão, por isso tratou-se de uma ação completamente inesperada para eles". 

"A desmontagem da estátua demorou várias horas, tendo a praça sido previamente cercada pela polícia. Todos estes pormenores permitem duvidar de que a proposta de retirar o monumento fosse recebida em delírio pela população local", sublinhou a rádio georgiana.

Praça muda de nome

A praça onde se encontrava o monumento, que tinha o nome de Estaline, passará a chamar-se Praça dos Heróis Mortos na Guerra contra a Rússia e no centro será edificado um novo monumento aos soldados georgianos que tombaram na guerra contra as tropas russas em agosto de 2008.

Moscovo enviou tropas suas para território georgiano para proteger os cidadãos russos na Ossétia do Sul, região separatista da Geórgia, tendo os militares russos chegado a bombardear e ocupar a cidade de Gori.

A primeira tentativa de desmontagem do monumento a Estaline foi feita há dois anos.

"Estaline é o fundador da União Soviética e o carrasco de milhões de pessoas. Num país que constitui um símbolo da liberdade, é inadmissível que no centro da cidade esteja um monumento a Estaline, não obtante ele ser de origem georgiana", declarou, na altura, o vice-primeiro ministro do Governo da Geórgia, Gueorgui Baramidzé. 

Porém, só à segunda vez é que as autoridades georgianas conseguiram retirar a estátua de Estaline.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico