Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

México: Alerta vermelho para tempestade "Alex"

A zona centro e sul do estado de Campeche, na peninsula de Yucatán, está em alerta vermelho devido à proximidade da tempestade "Alex", a primeira da temporada de 2010 de furacões no Atlântico.

A Proteção Civil mexicana declarou hoje o "alerta vermelho" (perigo máximo) na zona centro e sul do estado de Campeche, na peninsula de Yucatán, perante o avanço da tempestade tropical "Alex" nesta direção. 

A tempestada está a deslocar-se a uma velocidade de 19 quilómetros por hora, rumo a oeste-noroeste da península de Yucatán, e ameaça também com fortes chuvadas o estado de Yucatán, que está em alerta laranja (perigo elevado). 

Segundo fontes oficiais a tempestade "Alex" ameaça sobretudo a zona de Campeche, uma área onde existem plataformas petrolíferas e que está em alerta amarelo (perigo moderado). 

Segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, Alex é a primeira tempestade da temporada de 2010 de furacões no Atlântico e também está a ter impacto no Belise, com ventos máximos de 65 quilómetros por hora. 

As previsões deste Centro apontam para que o Alex se transforme num furacão terça feira à tarde e que volte a fustigar o México na madrugada de quinta feira. 

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos prevê para a temporada de furacões no Atlântico, entre 1 de junho e 30 de novembro, a formação de 14 a 23 tempestades e entre 8 e 14 furacões que afetarão os Estados Unido, o Caribe, a América Central e o Golfo do México.