Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Médico acusado de burla implica colegas

A sobrefacturação ao sistema de saúde dos funcionários públicos é “generalizada”, garantiu ao Expresso o médico acusado de burlar a ADSE em quatro milhões de euros.

O médico acusado de burlar a ADSE em quatro milhões de euros explica em entrevista ao Expresso que a sobrefacturação ao sistema de saúde dos funcionários públicos é “generalizada” e que os médicos se desculpam com os baixos preços, os atrasos nos pagamentos e os abusos cometidos pelos utentes.

Preso preventivamente no Estabelecimento Prisional de Lisboa desde Outubro do ano passado, João Aurélio Duarte conta que já escreveu dois livros, jura que vai confessar tudo em tribunal, garante que paga a dívida e que no fim vai voltar ao Brasil.

Leia mais na edição do Expresso na banca