Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Maré negra: BP aumenta recolha de petróleo

"Passamos de seis mil para 11 mil" barris recolhidos nas últimas 24 horas, garantiu o comandante da guarda costeira norte-americana, o almirante Thad Allen.

A companhia petrolífera BP recolheu 11 mil barris de petróleo nas últimas 24 horas do poço no Golfo do México que está a provocar uma maré negra, divulgou hoje o comandante da guarda costeira norte-americana, o almirante Thad Allen.

"Passamos de seis mil para 11 mil" barris (perto de 1,75 milhões de litros) recolhidos nas últimas 24 horas, precisou o responsável, durante uma conferência de imprensa na Casa Branca.

Thad Allen acrescentou que acredita que este valor poderá aumentar para 20 mil barris diários, a partir do momento que a BP enviar para o local equipamentos mais adequados para recuperar o petróleo que está a ser derramado por uma fuga no poço.

Ecossistema vai demorar "anos" a recuperar

O responsável afirmou, no entanto, não ser capaz de avaliar qual é a proporção real de crude capturada, acrescentando que a maré negra continua a propagar-se em milhares de pequenas manchas.

Na mesma conferência, Thad Allen admitiu que vai demorar "anos" a recuperar o ecossistema do Golfo do México.

"Tratar da poluição provocada pelo petróleo à superfície vai demorar vários meses. Restaurar o ecossistema, os habitantes (da fauna) vai demorar anos", indicou o almirante.

O derramamento foi provocado pela explosão, a 20 de abril, da plataforma Deepwater Horizon, da responsabilidade da companhia britânica, que causou a morte de 11 pessoas.

Vários cientistas calculam que o poço tem estado a libertar uma quantidade de petróleo estimada entre 1,9 milhões e 3,8 milhões de litros por dia.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.