Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Líbia expulsa Alto Comissariado da ONU para os Refugiados

Porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados espera que medida seja temporária. Autoridades líbias não justificam a decisão.

As autoridades líbias ordenaram na última quarta-feira ao Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) para deixar o país, anunciou hoje à imprensa um porta-voz daquela agência das Nações Unidas.

No escritório do ACNUR na Líbia, a funcionar desde 1991, trabalham 26 funcionários, maioritariamente líbios, precisou a porta-voz do ACNUR, Melissa Fleming, afirmando esperar que a decisão das autoridades líbias seja "temporária".

As autoridades líbias não deram qualquer explicação para a decisão, referiu ainda a porta-voz da ACNUR.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.