Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Justiça: 54 arguidos condenados por furto de cheques em caixas de correio

A Comarca da Grande Lisboa Noroeste aplicou 11 penas de prisão efetiva entre dois e 13 anos.

Lisboa, 21 jun (Lusa) - A Comarca da Grande Lisboa Noroeste condenou 54 arguidos por furtarem cheques das caixas de correio, tendo aplicado a 11 deles penas de prisão efetiva entre dois e 13 anos, anunciou a Procuradoria Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

"A Grande Instância Criminal de Sintra - Comarca Grande Lisboa Noroeste condenou na quinta feita 54 arguidos - de 64 que vinham acusados - tendo sido 11 dos arguidos condenados a pena de prisão efetiva, entre elas de 13, 10 e 9 anos, a mais baixa sendo de 2 anos", refere a PGDL no seu site.

Segundo a PGDL, "os arguidos, organizadamente, subtraíam cheques das caixas de correio nas área de Lisboa e concelhos limítrofes, falsificavam-nos com meios sofisticados e apresentavam-nos a pagamento, tendo realizado lucro ilícito estimado em 500 000 euros".

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.