Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Índia: Pelo menos 71 mortos em descarrilamento de comboio

O acidente ocorreu no distrito de Midnapore Ocidental, um bastião maoista

AP

Segundo um novo balanço fornecido pela polícia, pelo menos 71 pessoas morreram e pelo menos 120 ficaram feridas.

Um grupo apoiado pela rebelião maoísta indiana reivindicou hoje a autoria do descarrilamento de um comboio no leste do país, do qual resultaram pelo menos 71 mortos, refere um novo balanço da agência noticiosa Press Trust of Índia (PTI).

Um "comité do povo contra as atrocidades da polícia" (PCPA) reivindicou a sabotagem de um comboio expresso que fazia a ligação entre Calcutá a Bombaim, numa chamada telefónica à PTI.

Segundo um novo balanço fornecido pela polícia, pelo menos 71 pessoas morreram e pelo menos 120 ficaram feridas.

Um balanço anterior apontava para 65 mortos.

O acidente ocorreu à 01h30 locais de hoje (21h00 de quinta feira em Lisboa) e várias composições do expresso de Howrah-kurla Gyaneshwari, com destino a Bombaim, foram apanhadas por um comboio de mercadorias que seguia em sentido contrário.

O atentado ocorreu no distrito de West Midnapore, um bastião maoísta a cerca de 135 quilómetros a oeste de Calcutá, capital do estado de Bengala ocidental.

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.