Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Incêndio confundido com acidente aéreo

Edifício comercial incendiou-se na zona Sul de São Paulo. Chamas foram inicialmente atribuídas a uma colisão de um avião da companhia aérea Pantanal. A informação já foi desmentida.

Um incêndio num edifício comercial na zona Sul de São Paulo, no Brasil, próximo do aeroporto de Congonhas, foi hoje erradamente atribuído a um acidente aéreo, segundo o canal de televisão 'Globo News'. 

  

As chamas deflagraram às 17h05 locais (21h05 Lisboa) num armazém da loja Casa do Tapeceiro, que vende colchões, roupas de cama e tapetes, e está instalada no bairro Moema, próximo da Avenida Santo Amaro.

A enorme coluna de fumo fez accionar uma importante mobilização dos serviços de urgência da cidade. Segundo o gerente da loja, no momento do incêndio, encontravam-se no local oito pessoas: seis funcionários e o casal de proprietários, sendo que apenas estes dois sofreram ferimentos ligeiros e foram encaminhados para um hospital local.

 

Inicialmente o canal de televisão 'Globo News' informara que um avião comercial da companhia aérea Pantanal colidira com um edifício mas a informação viria a ser depois desmentida pela própria empresa, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pelos os bombeiros.

As causas do incêndio são ainda desconhecidas, mas o gerente admite que o incêndio poderá ter tido origem num curto-circuito numa tomada do estabelecimento comercial.