Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Homem morre num voo com 104 cápsulas de cocaína no estômago

Sul-africano morre no espaço aéreo brasileiro, durante voo entre a Argentina e a Alemanha, após ter ingerido 1,7 quilos de cocaína sob a forma de cápsulas.

Maria Luiza Rolim (www.expresso.pt)

Morrer aos 32 anos em pleno voo, ainda por cima de overdose, não seria certamente o sonho de Louis Hendrik Odendaal, quando embarcou no passado fim-de-semana na Argentina com destino à  Alemanha.

O sul-africano, que engolira 1,7 quilos de cocaína divididos em 104 cápsulas, sentiu-se mal quando o avião cruzava o espaço aéreo brasileiro. Uma delas, com cerca de 16 gramas de coca, rompeu-se dentro do estômago.

O avião da Lufthansa, que partiu de Buenos Aires com destino a Frankfurt, ainda aterrou de emergência de madrugada no aeroporto internacional do Recife, Pernambuco, mas Louis Odendaal já estava morto.

A Polícia Federal de Pernambuco abriu um inquérito para investigar a eventual ligação do sul-africano com alguma rede de tráfico internacional de drogas, e já pediu informações à congénere argentina.

Droga ingerida na Argentina

O corpo de Odendaal foi autopsiado pelo Instituto de Medicina Legal do Recife, onde os legistas encontraram 104 cápsulas de cocaína - uma das quais rasgada - no estômago e intestino do sul-africano.

Segundo a polícia brasileira, tudo indica que Odendaal ingeriu a cocaína na Argentina, pois não há evidências de que tenha estado antes no Brasil ou noutro país vizinho.

O avião levava 308 passageiros, 17 tripulantes e foi autorizado a seguir viagem pelas 8h de ontem.