Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Guitarra queimada por Hendrix chegou aos 350 mil euros

A Fender de Hendrix, considerado por muitos como o melhor guitarrista de sempre, foi leiloada em Londres por um valor elevado. (No final do texto, veja o vídeo de Hendrix a queimar a guitarra)

A primeira guitarra que o lendário músico Jimi Hendrix queimou em palco foi vendida quinta-feira por 280.000 libras (345.544 euros) num leilão de objectos de estrelas do rock realizado em Londres.

A guitarra, uma Fender Stratocaster 1965, era uma das "jóias" do leilão, no qual foram também colocados à venda o primeiro contrato firmado pelos Beatles com o seu "manager" Brian Epstein (leiloado por 295 mil euros) e o último caderno de Jim Morrison (70 mil euros).

Hendrix deitou fogo à guitarra no final de um concerto em Londres em Março de 1967, e o gesto valeu-lhe uma ida ao hospital para tratamento a queimaduras.

Posteriormente, o guitarrista e cantor, falecido em 1970 com apenas 27 anos, transformaria a queima da guitarra numa espécie de ritual no final de cada uma das suas actuações.

Ainda com as marcas do fogo, o instrumento esteve em paradeiro desconhecido durante 40 anos: o encarregado das relações com a imprensa de Hendrix, Tony Garland, guardara-o na garagem dos seus pais, onde no ano passado foi encontrado.