Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Grande Porto: Oito detidos por plantação e tráfico de droga

A operação realizada hoje envolveu cerca de uma centena de militares da GNR e culminou uma investigação iniciada em janeiro de 2009.

A GNR deteve hoje oito homens nos concelhos de Gaia, Gondomar e Porto suspeitos de plantação e tráfico de haxixe e cannabis, anunciou o comandante do destacamento territorial de Gaia da corporação, José Moutinho.

Em conferência de imprensa, José Moutinho referiu que os oito detidos fazem parte da mesma rede de tráfico de droga a que pertenciam outras oito pessoas, sete homens e uma mulher, detidas em abril. A operação realizada hoje envolveu cerca de 100 militares da GNR e culminou uma investigação iniciada em janeiro de 2009.

No total, foram apreendidos nas duas operações 36 quilos de haxixe, dois quilos de cannabis, alguma heroína, cinco viaturas, uma espingarda, material de corte e doseamento de droga, telemóveis, 50 mil euros em dinheiro e 32 plantas.

As plantas estavam numa estufa instalada na casa de um dos detidos, no concelho de Gondomar, referiu José Moutinho.

Interrogatório judicial amanhã

O comandante da GNR de Gaia disse que, apesar de operarem em concelhos diferentes, "havia relação direta" entre os 16 detidos, com idades entre os 20 e 50 anos.

Os oito suspeitos detidos hoje vão ser presentes na sexta feira a interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.

José Moutinho afirmou que quatro dos primeiros oito detidos aguardam julgamento em prisão preventiva, estando os restantes quatro com termo de identidade e residência.

Proprietário da estufa com cadastro

"Dois deles tinham lojas de canabiáceas, uma em Gaia e outra em Gondomar, em locais discretos", referiu, salientando que há 30 lojas deste tipo abertas legalmente em Portugal, mas nestas duas estavam a ser vendidas drogas ilegais.

O comandante disse ainda que alguns dos detidos tinham "sinais exteriores de riqueza", como "três e quatro casas", e conduziam automóveis sem terem carta de condução.

O mais velho dos detidos hoje, proprietário da estufa, era o único já com cadastro, também por tráfico de droga.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.