Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

GNR rompe com o Exército

Pela primeira vez na sua história, a GNR vai cortar a sua relação com o Exército

O ministro da Administração Interna, António Costa, explica, em entrevista ao Expresso, como é que a GNR vai ter o seu quadro próprio de oficiais-generais e "libertar" o Éxército desta "oneração".

Uma semana depois no anúncio no parlamento da grande reforma do Sistema de Segurança Interna, o ministro esclarece as competências e os limites de actuação do secretário-geral do novo Sistema Integrado de Segurança Interna (SISI) e assegura que o facto de estar na dependência directa do primeiro-ministro, em nada vai alterar a relação do Governo com as polícias.

António Costa assume ainda a pretensão das entidades por ele tuteladas reforçarem os seus poderes em missões de interesse público, como o controlo marítimo ou busca e salvamento, cometidas também às Forças Armadas.