Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Filme "Guia" arrebata primeiro prémio

Entre 200 vídeos seleccionados, oriundos de 43 países, o filme português venceu na categoria de Publicidade Social.

Tal com os seus protagonistas, o filme “Guia”, da Federação Portuguesa de Desporto para Deficientes (FPDD), voltou a triunfar na competição internacional. Com um “retrato real do esforço, dedicação e papel dos atletas-guia na carreira dos desportistas invisuais”, o vídeo arrebatou o primeiro prémio da categoria de “Publicidade Social”, no Sportmovies Tv Festival, em Milão.

O "Guia", que fez parte da campanha do projecto SuperAtleta Atenas 2004, é protagonizado por Nuno Alpiarça, atleta-guia e treinador de Carlos Lopes, actual campeão mundial de estafeta e o atleta portador de deficiência visual mais medalhado na história do desporto para deficientes em Portugal. Defensor de uma “postura low-profile”, Nuno Alpiarça vê no filme mais do que um simples reconhecimento do papel dos guias: “a conclusão que se tira é que, assim como os atletas-guia dão tudo de si para contribuir para a vitória de um atleta deficiente, também o cidadão comum pode contribuir para este sonho”.

Produzido pela Young and Rubicam e realizado por Marco Martins (“Alice”), este foi o segundo prémio internacional que o filme conquistou este ano. Em Abril, tinha já recebido o primeiro prémio, na categoria de “Melhor Filme Publicitário”, no 1.º Festival do Filme Paralímpico, em Budapeste.

Dos 200 filmes seleccionados, oriundos de 43 países, o português foi o primeiro a ser escolhido pelo júri do festival. “Disseram-nos que não houve qualquer dúvida quanto a atribuir-nos o prémio da categoria de Publicidade Social”, revelou ao EXPRESSO Marta Restolho, responsável pelo Marketing da FPDD. “Grande parte do público do Festival nunca tinha visto uma abordagem deste tema. Houve até uma produtora alemã que ficou a pensar em fazer uma longa-metragem sobre a vida dos atletas-guia”.