Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Festivais de norte a sul

É um fim-de-semana recheado de música de norte a sul. O mais antigo festival português volta a ter lugar em Vilar de Mouros, a capital recebe o Lisboa Soundz e no Alentejo arranca o Festival Músicas do Mundo.

A ESTREIA em Portugal dos norte-americanos Strokes é o grande destaque do festival Lisboa Soundz que decorre no sábado. Em Vilar de Mouros de sexta-feira a domingo há desde o rock pesado dos Sepultura até aos floreados de guitarras dos Durutti Column ou o revivalismo dos 7 Magníficos. As Músicas do Mundo arrancam em Porto Covo com o brasileiro Francis Hime, a cabo-verdiana Mayra Andrade e os sérvios Boris Kovac & La Campanella.

Vilar de Mouros, o ancião dos festivais portugueses que comemora nesta edição os seus 35 anos, conta com um cartaz reforçado procurando assim superar a diminuição de público que tem ocorrido nos anos mais recentes. Cabe à banda da Guarda Nacional Republicana (que esteve presente na primeira edição) fazer esta sexta-feira a abertura do evento, numa noite em que haverá ainda lugar para o revivalismo dos 7 Magníficos, ou para o rock dos Sepultura e dos Xutos & Pontapé. Sábado há Iggy Pop, Tricky, Durutti Column e Táxi, entre muitos outros. No domingo o metal dos Cradle of Filth, Moonspell ou dos Soufly.

O Lisboa Soundz decorre numa única noite (sábado) tendo como grande trunfo a primeira actuação em Portugal dos Strokes, a cereja no topo de um festival que dá destaque às novas tendências do rock. Pelo Terrapleno de Santos vão também passar Dirty Pretty Things (ou seja, os Libertines renascidos após o declínio do seu vocalista e líder, agora substituído por Carl Barât), She Wants Revenge, Howe Gelb (líder dos Giant Sand) ou a escocesa Isobel Campbell (antiga vocalista dos Belle & Sebastian).

No Alentejo, o fim-de-semana marca apenas o arranque do Festival Músicas do Mundo que se estende até ao próximo fim-de-semana. O evento decorre entre Sines e Porto Covo. A abertura decorre com Francis Hime, um compositor brasileiro cuja música oscila entre o erudito e o popular, actua esta noite em Porto Covo, seguindo-se a actuação da cabo-verdiana Mayra Andrade. Sábado à noite tocam no mesmo local os sérvios Boris Kovac & La Campanella.