Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

EXPRESSO é o melhor semanário europeu

O júri destacou a elegância e clareza do projecto gráfico, a sofisticação das páginas, o cuidado e especial atenção à ilustração e o equilíbrio tipográfico.

O EXPRESSO acaba de ser distinguido como o semanário europeu com melhor grafismo na 8.ª edição dos European Newspaper Award, em detrimento do favorito inglês "The Observer". O júri que esteve reunido em Dusseldorf, Alemanha, durante os dias 3 e 4 de Novembro é composto por algumas das principais personalidades ligadas ao design da imprensa europeia, entre eles o director de arte do diário belga "De Morgen", Martin Huisman, e o designer e consultor alemão Norbert Kupper.

O novo rosto do EXPRESSO – que passou a formato Berliner desde o dia 9 de Setembro –  foi grandemente elogiado pelos jurados que lhe destacaram a elegância e clareza do projecto gráfico, a sofisticação das páginas, o cuidado e especial atenção à ilustração e o equilíbrio tipográfico. Na categoria dos diários nacionais, o vencedor foi o jornal belga "De Morgen"; no que diz respeito aos diários regionais venceu o diário norueguês "Bergens Tidende", e o finlandês "Hufvudstadsbladet" arrecadou o prémio referente aos diários locais.

Por detrás do novo conceito gráfico do EXPRESSO está o incontornável nome do espanhol Javier Errea, actual presidente da Society of News Design (SND) e consultor da empresa multinacional Innovation. Foi com grande entusiasmo que Javier recebeu esta notícia: "O European Newspaper Award é considerado o Pulitzer do design da imprensa europeia. Esta é uma excelente notícia".

Também o director de arte do EXPRESSO, Marco Grieco, é entusiasta no seu comentário: "Isto é visto por nós como se recebêssemos um Óscar. Repare-se que este título tem bastante repercussão no panorama da imprensa europeia e colocará decerto o semanário EXPRESSO num plano de maior visibilidade e importância no mundo. Só fica atrás do prémio atribuído pela Society of News Design (SND) americana que é, sem dúvida, a maior meta a alcançar por nós. Mas a esse só concorreremos em Janeiro", afirma. Para depois rematar, com uma visão realista dos factos: "O meu medo é que este prémio tenha chegado cedo demais. Neste género de concursos, ganhar não é o mais difícil. O mais problemático é manter o padrão de qualidade a que habituámos os leitores e o júri. Ou mesmo voltar a surpreendê-los".

Anunciados os vencedores, os prémios serão só entregues na próxima Primavera, em Viena, com data ainda a determinar.

No ano passado, os vencedores da 7.ª edição dos "European Newspaper Award" foram "The Guardian" (Reino Unido), "Kleine Zeitung" (Áustria) e "Ostersunds Posten" (Suécia), nas respectivas categorias nacional, regional e local, assim como "Die Zeit" (Alemanha) e "Presso" (Finlândia) na categoria de semanários.