Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Eunice Muñoz coloca Diogo Infante sob suspeita

"Dúvida" de John Patrick Shanley é a proposta de Diogo Infante para o Maria Matos – um ano depois de ter começado a dirigir aquele teatro municipal.

Foi há muitos anos que Eunice Muñoz se entusiasmou com "aquele rapaz lindo" que viu pela primeira vez no Teatro Experimental de Cascais, durante um Skakespeare. Mais tarde cruzou-se com o "jovem actor cheio de talento" numa novela de televisão – "Banqueira do Povo" –, mas nunca no palco. Esse encontro só agora tem data e local marcados. A partir de hoje, Dia Mundial do Teatro, os dois apresentam-se no Maria Matos Teatro Municipal para contracenarem: ela no papel de Madre severa e preocupada e ele no de padre suspeito de ter "cometido avanços sobre uma criança de doze anos".

"Dúvida", de John Patrick Shanley, tem lugar em 1964, nos Estados Unidos, numa escola católica do bairro nova-iorquino do Bronx. É no espaço desta escola que o padre que Diogo Infante interpreta ficará na mira da dúvida da Madre Superior.

Uma proposta que Diogo Infante, enquanto director do Maria Matos, havia previsto para abertura do teatro exactamente há um ano, mas que por questões de agenda só este ano foi possível concretizar. A encenação é de Ana Luísa Guimarães. Além de Diogo Infante e de Eunice Muñoz destacam-se as participações de Isabel Abreu (freira) e Lucília Raimundo (mãe do rapaz).

(Maria Matos Teatro Municipal, Lisboa, hoje, às 21h30)