Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Época balnear arranca hoje

Uma campanha para sensibilização dos banhistas é lançada hoje por ocasião da abertura da época balnear. Este ano há 240 bandeiras azuis, mais 14 do que no ano passado. 

A época balnear arranca hoje em todo o país, com a cerimónia oficial a decorrer este ano em Mafra, quando se debate a necessidade de adaptar a época balnear às condições climatéricas para evitar afogamentos fora de época.

O secretário de Estado da Proteção Civil, Vasco Franco, defende que o calendário de início da época balnear deverá ser ajustado conforme as condições climatéricas, dando como exemplo o calendário de combate a incêndios florestais.

Por seu lado, a Federação Portuguesa de Concessionários de Praia e a Liga dos Bombeiros Portugueses vêm alertar para a necessidade de garantir o socorro nas praias fora da época balnear.

Reduzir as praias não vigiadas

Com vista a modificar o sistema nacional de prevenção de afogamentos e a reduzir o número de praias não vigiadas, a Federação Portuguesa de Concessionários de Praia e a Federação Portuguesa de Nadadores-salvadores partilham da opinião de que a vigilância e a contratação de nadadores-salvadores deveriam passar para a esfera das autarquias.

A Proteção Civil, Instituto da Água, administrações das regiões hidrográficas, Instituto de Socorros a Náufragos e autarquias lançam hoje uma campanha de sensibilização destinada a alertar os banhistas para os perigos nas praias e da permanência junto a arribas.

A época balnear começa este ano com 240 bandeiras azuis hasteadas, mais 14 do que em 2009.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.