Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Enfermeiros em greve contra "imposição" salarial

Paralisação de 24 horas coincide com a manifestação nacional que se realiza a partir das 15h00 frente ao Ministério da Saúde.

Os enfermeiros iniciam às 00h00 de sexta feira uma greve de 24 horas para protestarem contra "a imposição" do Ministério da Saúde (MS) em questões salariais.

Marcada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), a greve de sexta feira coincide com a manifestação nacional que se realiza a partir das 15h00 frente ao Ministério da Saúde (MS), em Lisboa.

"Vai ser um ia para permitir aos enfermeiros protestar em função do encerramento do processo negocial e não se ter chegado a um acordo" com o MS relativamente à regularização da grelha salarial, disse à agência Lusa a vice coordenadora do SEP, Guadalupe Simões.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.