Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Durão Barroso saúda libertação das reféns em poder das Farc

A libertação das duas reféns da guerrilha colombiana foi saudada pelo Presidente da Comissão Europeia.

Maria Luiza Rolim

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, saudou esta quinta-feira, a libertação, pelas Farc, das duas reféns detidas pela guerrilha colombiana, mas lembrou aqueles que continuam nessa condição e disse esperar que sejam também libertados em breve.

Manifestando "profunda satisfação" pela libertação de Clara Rojas e Consuelo González Perdomo, Durão Barroso e a comissária responsável pela Política Externa, Benita Ferrero-Waldner, disseram esperar que este seja "um sinal encorajador de que todos os reféns detidos, incluindo Ingrid Betancourt, sejam libertados brevemente".

"Agora, mais do que nunca, pensamos na situação difícil daqueles que são ainda reféns de grupos armados ilegais na Colômbia e no sofrimento das suas famílias. Devem ser libertados imediatamente", afirmam Barroso e Ferrero-Waldner num comunicado conjunto divulgado em Bruxelas.

Recorde-se que a franco-colombiana Ingrid Betancourt, antiga candidata presidencial, é refém das Farc desde 2002.

 

  • Farc entrega reféns

    As colombianas Clara Rojas e Consuelo González de Perdomo já foram libertadas pelas Farc, e estão bem, confirmou a delegação da Cruz Vermelha em Bogotá.