Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Depoimentos

Caldas Afonso
Médico, 50 anos, director do Serviço de Pediatria do Hospital de S. João
Vereador laranja da Câmara Municipal de Felgueiras
Candidato do PSD derrotado nas últimas autárquicas

Não vou falar sobre o desfecho do julgamento. Não me quero substituir aos tribunais. O que eu desejo é que o julgamento seja clarificador. Para bem da presidente da Câmara e para bem do concelho que está parado, todos os dossiês estão em lume brando. Para o bem de todos. Sentimos as portas todas fechadas.

Eduardo Bragança
Empresário (é dono de um posto Galp em Amarante), 43 anos
Líder do PS Felgueiras

Acredito na justiça. Sinto que não devo tentar influenciar a justiça, mas estou preocupado. É importante para Felgueiras que tudo isto seja tratado rapidamente. Desejo que isto seja resolvido depressa. Com a Fátima a presidente da Câmara, Felgueiras vive uma política de enganos e mentiras. Não há obra nenhuma. Está tudo parado.

Eduardo Teixeira
45 anos, empresário do sector de peles para o calçado
Vice-presidente do Clube Académico de Felgueiras

Pelo que sei e li penso que será muito difícil a Fátima (que quando lhe interessa é portuguesa mas para fugir à justiça foi brasileira) não ser condenada. Mas fundamentalmente o que eu espero é que se faça justiça. Que o nome de Felgueiras saia mais limpo deste julgamento. Os estudantes têm vergonha de dizer que são da terra, com medo que comecem a chamar-lhes Joana Azul ou Paula Azul.

Francisco Cunha
Médico, clínico geral, 55 anos
Presidente do PSD-Felgueiras

Espero que se faça justiça. Se há motivos e provas para a condenar, que ela seja condenada. E se há motivos para a absolver, que ela seja absolvida. A justiça tem de ser igual para todos. É preciso ultrapassar esta situação, pois Felgueiras é o concelho adiado, que está à espera deste julgamento. Não há investimento privado ou público vindo de fora. Os Governos não querem nada connosco.

Joaquim Freitas
Industrial de calçado, 51 anos
É um dos dois denunciantes do caso do “saco azul”

Não quero pronunciar-me sobre o desfecho do julgamento. A única coisa que posso garantir é quando for ouvido em tribunal vou confirmar tudo quanto declarei à Polícia Judiciária – e se calhar ainda vou falar de mais algumas coisas que não me perguntaram, pois há outros negócios que não foram investigados.

Paulo Rebelo
Advogado, 43 anos, vive na Lixa e tem escritório em Felgueiras
Presidente do CDS-PP em Felgueiras

Espero que se faça justiça. Aguardo que se clarifiquem as coisas. Se me pergunta a minha opinião, estou convencido de que tem de haver condenação. Mas nunca se sabe. Estão aqui os melhores advogados que o dinheiro pode arranjar, mas não necessariamente o melhor juiz.