Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Curandeiro detido por posse de 180 crânios humanos

Os crânios eram utilizados em sessões de espiritismo e magia negra e eram comercializados pelo curandeiro.

A polícia peruana descobriu na segunda-feira 180 crânios humanos que estavam na posse de um curandeiro, que foi detido no centro de Lima.

As autoridades do Peru informaram que os crânios eram utilizados em sessões de espiritismo e magia negra e eram comercializados pelo curandeiro, identificado como Augusto Cisneros Quispecondori, de 31 anos.

A polícia está a investigar a origem dos crânios e confiscou também produtos que se encontravam na posse do curandeiro "sem licença" para comercialização, como polvos alegadamente mágicos.