Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Crie a sua própria rede social

Com a "Ning", os internautas já podem criar a sua própria comunidade virtual, definindo praticamente todos os parâmetros. (Veja os vídeos no fim do texto)

Para quem já não vive sem as redes sociais construídas na Internet, há um novo xerife na cidade. Depois do Orkut, Hi5, Ringo, Linkedin, Facebook, Myspace, Second Life, entre tantos outros, a mais recente moda do "social networking" chama-se Ning (ver link).

Criada em Outubro de 2004 pelos americanos Marc Andreessen (co-fundador da Netscape Communications) e Gina Bianchini, a Ning é muito mais que uma rede social. É uma plataforma que, em vez de simplesmente convidar os cibernautas a aderir a uma determinada comunidade virtual, permite a cada utilizador criar a sua própria rede, numa lógica de "Do it yourself" (Faça você mesmo).

A vantagem está na possibilidade de se poder escolher praticamente todos os detalhes da rede, desde o nome até aos pormenores relacionados com a imagem (logótipo, formato, cores, fonte e tamanho das letras, etc.). O utilizador pode também acrescentar diversas aplicações à sua rede, incluindo músicas, notícias, fotos, vídeos, blogues e fóruns de discussão e ainda usar um feed RSS para divulgar as suas novidades.

Disponível em diferentes idiomas, a plataforma Ning é extremamente simples de usar, bastando arrastar com o rato as opções que se querem eleger. O usuário pode escolher tornar a rede privada, limitando a entrada a um convite, ou abri-la ao público. Para enviar mais facilmente os convites, pode importar os contactos das suas contas de e-mail do Yahoo Mail, Hotmail e Gmail.

O nome da rede será formado pela palavra escolhida pelo utilizador e pelo sufixo "Ning.com", por exemplo, expresso.ning.com.