Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Crianças afetadas pela troca de medicamentos saíram dos cuidados intensivos

As duas crianças envolvidas no acidente da troca de medicamentos, no hospital Garcia de Orta, em Almada, foram transferidas da unidade de cuidados intensivos para uma enfermaria do serviço de pediatria.

As duas crianças envolvidas no acidente da troca de medicamentos, no hospital Garcia de Orta, em Almada, foram transferidas da unidade de cuidados intensivos para uma enfermaria do serviço de pediatria, segundo fonte hospitalar.     Os pais das duas crianças envolvidas na passada quinta feira numa troca de medicamentos no serviço de otorrinolaringologia daquela unidade hospitalar, uma com três anos e outra 18 meses, anunciaram que vão recorrer aos tribunais para apurar responsabilidades pelo acidente.      As duas crianças sofreram queimaduras nos intestinos, e num dos casos também na traqueia e esófago, por causa de uma troca de medicamentos quando se preparavam para fazer um exame aos ouvidos.     Segundo o pai de uma das crianças, o produto administrado ao filho foi ácido tricloroacético.     A médica envolvida no acidente continua em funções, aguardando o desfecho de um inquérito de averiguações interno.    *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortografico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.