Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Concelhos em risco máximo de incêndio

Os concelhos de Freixo de Espada à Cinta e Torre de Moncorvo, no distrito de Bragança, apresentam hoje um risco máximo de incêndio, de acordo com o Instituto de Meteorologia.E há outros distritos em alerta.

Os concelhos de Freixo de Espada à Cinta e Torre de Moncorvo, no distrito de Bragança, apresentam hoje um risco máximo de incêndio, de acordo com o Instituto de Meteorologia (IM).     Os restantes concelhos do distrito de Bragança, à exceção de Mirandela, estão em risco muito elevado, segundo a informação do IM publicada no seu site oficial na internet.     A grande maioria dos concelhos do distrito de Vila Real está em risco muito elevado, com apenas Boticas, Ribeira de Pena e Mondim de Basto a apresentarem um risco elevado.     No distrito de Viseu, seis concelhos estão em risco muito elevado e os restantes em risco elevado de incêndio, como acontece no distrito da Guarda, onde os concelhos de Vila Nova de Foz Côa, Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel, Almeida, Sabugal, Trancoso, Sernancelhe e Penedono têm um risco muito elevado.      O mesmo cenário se regista no distrito de Castelo Branco, onde apenas os concelhos de Belmonte, Fundão e Idanha-a-Nova não apresentam risco muito elevado de incêndio.  

Portalegre e Santarém em risco muito elevado 

Os concelhos de Gavião, Nisa, Castelo de Vide, no distrito de Portalegre, estão em risco muito elevado de incêndio, o mesmo se passando com os concelhos de Mação, Sardoal, Abrantes, Chamusca, Constância, Tomar, Torres Novas, Golegã e Vila Nova da Barquinha, no distrito de Santarém.     No Algarve, Monchique e São Brás de Alportel apresentam risco muito elevado de incêndio.      O risco de incêndio é determinado pelo IM e engloba cinco níveis, que variam entre o "reduzido" e o "máximo".     O cálculo do índice de risco de incêndio é feito com base nos valores observados às 13:00 do dia anterior, da temperatura do ar, da humidade relativa, da velocidade do vento e da quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.  

Máxima de 25º em Lisboa 

O IM prevê para hoje no Continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se muito nublado no litoral oeste, com possibilidade de ocorrência de precipitação fraca a norte do Cabo da Roca.     Nas regiões do interior Norte e Centro, o céu apresentar-se-á temporariamente muito nublado por nuvens altas o vento soprará em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, soprando moderado (25 a 35 km/h) no litoral em especial durante a tarde.     As temperaturas máximas previstas para hoje são de 25.º graus em Lisboa, 20.º no Porto e 26.º em Faro.      *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.