Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Como Ernâni Lopes enfrentou o cancro

O homem que liderou a integração de Portugal na Europa e a PT conta o que aprendeu na luta contra um linfoma e fala de Deus, da família, da sua visão da vida e de pormenores desconhecidos da sua longa carreira cívica e profissional.

Fala sem preconceitos da sua doença, tem um discurso contra-corrente e convicções fortes. Considera que o cancro "foi uma bênção de Deus", porque aprendeu muito e aprofundou ainda mais a dimensão espiritual e religiosa da vida, a "trave-mestra" da sua existência. E o amor da família e a amizade dos amigos foram fundamentais para vencer esta batalha. Ernâni Lopes é um dos economistas mais influentes do país, mas acha que "é uma pobreza em termos intelectuais pensar que a economia só serve para ficar com mais dinheiro". O ex-presidente do conselho de administração da PT defende que Portugal não tem uma élite dirigente que conceba, produza e difunda valores, atitudes e comportamentos "que são a base da cidadania".

Leia sábado na Única