Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Cinco polícias e um militar mortos em ataque das FARC

O Presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, condenou o ataque, que apelidou como um "ato terrorista".

Cinco polícias e um militar morreram hoje num ataque alegadamente provocado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) na cidade de Solita, no sul do país, informaram hoje as autoridades locais.

O Presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, condenou o ataque, que apelidou como um "ato terrorista".

"Nós não entendemos esses 'gangsters', que procuram a paz, mas o que fazem é matar seis membros da força pública", disse Uribe num discurso proferido hoje na cidade de Neiva.

Segundo as autoridades, os membros das forças de segurança foram "atacados a tiro enquanto procediam à inspeção de barcos pequenos num rio que atravessa a aldeia de Solita, a cerca de 700 km de Bogotá".

Do incidente, resultou ainda o ferimento de dois agricultores, vítimas do tiroteio entre polícias e assaltantes.