Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Cidade do Rock vai encher para ver Amy Winehouse

Lotação esgotada para o primeiro dia do Rock in Rio-Lisboa. 90 mil pessoas vão hoje à Cidade do Rock para ver Amy Winehouse e Lenny Kravitz. Tokio Hotel, Bon Jovi, Rod Stewart e Metallica são as estrelas dos restantes dias.

Tendo em conta as notícias sobre a continuação dos desvaires de Amy Winehouse, a expectativa é grande sobre se vai mesmo comparecer ao concerto desta noite na abertura do Rock in Rio-Lisboa, no Parque da Bela Vista.

A concretizar-se, será a estreia da impetuosa Winehouse nos palcos portugueses. A artista britânica bateu todos os recordes de vendas no ano passado e foi a grande vencedora dos Grammys com o álbum "Back to Black"e o tema "Rehab", onde, entre ritmos quentes, trata de deixar bem claro que Rehab, no, no, no (ou seja, reabilitação, do seu conhecido uso de drogas e álcool, nem pensar). A atracção e a força do fenómeno Winehouse continua a residir em ela aliar os seus dotes musicais à sua chocante frontalidade, apresentando-se sempre como ela própria, sem quaisquer filtros ou grandes produções, o que muitas vezes significa expor todo o estado de enorme desequilíbrio em que se encontra.

Apesar de Winehouse ser a grande atracção da abertura do Rock in Rio-Lisboa, caberá a Lenny Kravitz dar o último concerto no palco Mundo (que abre às 19h com Paulo Gonzo, seguindo-se Ivete Sangalo). Os 90 mil bilhetes para este primeiro dia já estão esgotados.

Amanhã haverá Bon Jovi, Alejandro Sanz, Alanis Morissette e Skank e no domingo Rod Stewart, Joss Stone, Tokio Hotel, e Xutos e Pontapés. Quinta-feira será o dia do Rock in Rio se vestir de negro metálico com Metallica, Machine Head, Apocalyptica e Moonspell. O encerramento, na sexta-feira (dia 6), será com Linkin Park, The Offspring, Muse, Kaiser Chiefs e Orishas.

Como é habitual a música do Rock in Rio não se esgota no palco principal. Uma das grandes novidades desta terceira edição é o palco Sunset, destinado a encontros entre músicos portugueses e do mundo lusófono, de vários quadrantes, em ambiente de improviso. É o primeiro palco a começar a funcionar (abre às 17h). Hoje há Sam The Kid & Cool Hipnoise e Ricardo Azevedo & Lúcia Moniz. Nos outros dias passam por lá Rui Veloso com Expensive Soul & Sara Tavares, João Gil & Tito Paris & Marisa Pinto, Boss & Vitorino, entre muitos outros.

Outra novidade é a transformação da tenda electrónica numa fantástica pista de dança a céu aberto, num cenário retro-futurista que conta com seis gramofones gigantes. A música arranca às 21h e prossegue até às 4h. Hoje a pista fica a cargo de Paul Van Dyk, Axwell, Diego Miranda e Mary Zander. Carl Cox. David Morales, 2 Many DJ's e Sasha & Digweed são as maiores atracções das restantes noites.

A Cidade do Rock tem também pela primeira vez este ano um Espaço Fashion (que funciona entre as 17h30 e as 24 com desfiles e worshops) e volta a contar com o Espaço kids (onde os pais podem deixar as crianças para participarem em ateliers), a rampa de "snowboard" e uma renovada zona de lojas.

É proibido levar chapéus de chuva para o recinto, assim como equipamentos de gravação e máquinas fotográficas profissionais

O espaço kids é destinado a crianças entre os 4 e os 10 anos e funciona entre as 16h e as 22h

Os transportes públicos são a melhor forma de chegar ao festival

O Metropolitano funciona até às 3h30 com ligação às linhas vermelha e verde

A Transtejo faz ligações regulares entre o Cais do Sodré e Cacilhas e entre o Terreiro do Paço e o Barreiro até às 2h30

A Carris disponibiliza vários serviços especiais até 2 horas depois do último concerto do palco principal

A Fertagus disponibiliza após o final do evento um comboio especial da Estação Roma/Areeiro até à margem sul

A CP disponibiliza comboios especiais nas Linhas de Sintra (às 2h30) e de Cascais (às 3h) que saem respectivamente das estações Roma/Areeiro e Cais do Sodré