Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Cavaco Silva junta-se ao Grupo de Arraiolos na Finlândia

O Presidente da República participa na reunião do Grupo de Arraiolos e faz visita bilateral.

Luísa Meireles (www.expresso.pt)

O Presidente da República parte amanhã para Helsínquia para uma visita bilateral seguida da participação na tradicional reunião anual do "Grupo de Arraiolos", o grupo de nove Chefes de Estado da União Europeia sem funções executivas.

O tema de debate da reunião, que decorrerá sexta e sábado (dia em que terminará a visita), será a situação na União Europeia, mas também a tolerância e a luta contra a discriminação e a situação nos países na margem do sul do Mediterrâneo. A introdução a este tema será feita pelo próprio Cavaco Silva.

Mar e nanotecnologia

A visita bilateral, que inclui deslocações a uma série de empresas, tem como temas principais a tecnologia e o cluster do mar, uma área que a Finlândia tem muito desenvolvida.

Nesta perspetiva, estão previstas visitas à Nokia-Siemens e à própria Nokia, bem como Finpro, a congénere finlandesa da AICEP, e à empresa Picosun (aplicações de nanotecnologia), ao laboratório Micronova e à Universidade de Aalto.

"Vou aproveitar esta visita para fazer o meu melhor para construir novas pontes entre Portugal e a Finlândia e vou visitar empresas muito importantes", disse o próprio Presidente, salientando que era "uma boa oportunidade para mostrar a estas empresas para olharem para Portugal como lugar de investimentos sofisticados".

Cavaco Silva falava a um grupo de estudantes finlandeses que estão em Portugal a cumprir o programa Erasmus e que ontem visitaram o Palácio de Belém.

Debate sobre programas de ajustamento

Relativamente ao debate no Grupo de Arraiolos, o Chefe de Estado referiu ainda que ele não passará ao lado dos "programas de ajustamento que alguns países europeus estão a concretizar".

Na comitiva do presidente viajarão o secretario de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, o presidente do Aicep, Pedro Reis, o presidente da Associação para o Conhecimento e Economia do Mar, José Ribau Esteves, o vice-presidente da Associação Comercial de Lisboa, Frederico Spranger, o diretor-geral do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia de Braga, José Rivas, e o pró-reitor da Universidade do Minho para a Investigação, Vasco Teixeira.