Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Brasileiros falsificavam documentos portugueses

Os cinco detidos poderão vir a ser acusados de vários crimes de falsificação documental, favorecimento à imigração ilegal e actos contra a lei de estrangeiros.

Cinco brasileiros foram detidos hoje nos arredores de Barcelona, sob suspeita de falsificação de documentos portugueses, destinados à venda a imigrantes brasileiros em situação ilegal em Espanha. As detenções decorreram na sequência de uma investigação que começou no final da semana passada em Espanha. 

Os documentos falsos eram usados para a obtenção de autorizações de residência em Espanha, bem como para abrir contas nos bancos e até para arrendar ou comprar bens imóveis.

Desde o início do ano, foram presos em Espanha mais de 30 brasileiros envolvidos numa rede de imigração ilegal com documentos portugueses falsos.

Os brasileiros agora detidos dirigiam-se para Girona quando foram detidos na zona de La Roca. Segundo a polícia espanhola,  tinham anteriormente passado por várias localidades da Andaluzia, onde contactaram os escritórios de apoio a estrangeiros para solicitar as autorizações de residência em Espanha, apresentando, para isto, documentos portugueses falsos que, ao que tudo indica, foram fabricados pelos próprios.

A polícia considera que esta rede de falsificadores estava sedeada em Girona, sendo liderada por um dos brasileiros, que pagava 200 euros aos restantes para a obtenção de cartões de residência espanhóis.