Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Bill Gates limita acesso de filha à Net

Bill Gates, o homem que fez fortuna a comercializar tecnologia, rendeu-se aos psicólogos e está a limitar o acesso da sua filha de 10 anos à Internet.

Atento aos perigos de dependência gerados pela Internet, Bill Gates proibiu a sua filha Jennifer, de navegar na rede por um período superior a 45 minutos diários, noticia o jornal italiano 'La Stampa'.

O empresário, “pai” da Microsoft, rendeu-se à opinião dos especialistas que apontam à Net  um potencial de dependência tão grande como a droga, o tabaco ou o álcool. Ao perceber que a filha dedicava duas a três horas do seu dia a jogos online, em diversos sites da especialidade, decidiu impor regras e exercer o seu controlo paternal, antes mesmo que a prática se instalasse.

Um exemplo que vem de quem conhece o impacto que as tecnologias têm actualmente nos jovens e não está disposto a correr riscos.