Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Avô de Hitler poderá ter sido também pai do ditador

A questão é  levantada pelo professor e historiador alemão Gerhard Roth em declarações ao jornal 'Bild am Sonntag'.

O avô do ditador nazi Adolf Hitler poderá ter sido também o seu pai, de acordo com o historiador alemão Gerhard Roth.

A questão levantada pelo professor e historiador, em declarações ao jornal alemão 'Bild am Sonntag', como o próprio reconhece, é relativamente nova e deriva em grande parte do desconhecimento que ainda subsiste sobre o avô paterno do homem que desencadeou a Segunda Guerra Mundial.

"O seu avô biológico foi possivelmente também seu pai", disse ao 'Bild am Sonntag', o historiador Gerhard Roth.

"Sempre houve indícios de incesto na família de Hitler. Hitler teve uma relação traumática com as suas origens e sempre fez por a ocultar. Isso formou parte da sua psicose", considerou o historiador. 

Biógrafo critica teoria "absurda"

O biógrafo de Adolf Hitler, Ian Kershaw, diz que toda esta teoria é absurda e que não tem qualquer base histórica. 

"Essa suposição é completamente nova e bastante grotesca. Não conheço uma sequer fonte que a sustente", assegurou Ian Kershaw ao mesmo jornal.

No entanto, o biógrafo do ditador adianta que "é conhecido que existe um mistério acerca do avô paterno de Hitler". 

"As duas pessoas que o poderiam ter sido, Johann Georg Hiedler e Johann Nepomuk Hiedler, faleceram antes do nascimento de Hitler", explicou. 

As muitas biografias escritas do ditador nazi coincidem pelo menos no pai de Hitler, apontando que este terá sido um funcionário de uma alfândega chamado Alois Hitler (1837-1903), que nasceu com o nome de Alois Schickelgruber.