Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Atentado falhado em Nova Iorque (vídeo)

Times Square foi evacuada depois de um alerta sobre a presença de um veículo suspeito, que se veio a confirmar estar armadilhado. (Vídeo SIC no fim do texto)

O centro do bairro de Times Square, no coração de Nova Iorque, foi evacuado ontem pela polícia depois de um alerta sobre a presença de um veículo suspeito, que se temia poder conter uma bomba.

O presidente da Câmara de Nova Iorque, Michael Bloomberg, confirmou hoje que um carro encontrado a fumegar no centro do bairro de Times Square continha "de facto um engenho explosivo".

Em conferência de imprensa, Michael Bloomberg disse aos jornalistas que a rápida intervenção das autoridades e dos cidadãos permitiu evitar um evento que podia ter sido "muito letal".

"Muita sorte"

"Tivemos muita sorte (...) por ter conseguido evitar o que poderia ter sido um evento muito letal. A brigada de minas e armadilhas confirmou que o veículo continha de facto um artefacto explosivo", disse o presidente da Câmara de Nova Iorque.

"Não temos ideia de quem pode estar por detrás disto e porquê", reconheceu Bloomberg, que salientou tratar-se de um engenho explosivo de fabrico caseiro e "amador".

O oficial John Sweeney, do Departamento de polícia de Nova Iorque, indicou que a brigada de minas e armadilhas foi chamada para inspecionar um veículo que estava a fumegar.

Viatura apetrechada

Por sua sua vez, o chefe da polícia da cidade, Raymond Kelly, precisou que no carro foram encontrados três tanques de propano, fogos de artifício, 19 litros de gasolina e dois relógios com pilhas, fios elétricos e outros componentes. No interior do veículo foi também encontrada uma caixa de metal preta, semelhante a um armário de armas, acrescentou.

A polícia da cidade está a analisar as imagens das câmaras de videovigilância instaladas perto do local onde foi encontrada a viatura.

O automóvel estava estacionado no cruzamento da 45th Street com a 7th Avenue. As autoridades isolaram vários quarteirões deste bairro de Nova Iorque.

O presidente dos EUA, Barack Obama, já reagiou elogiando a prontidão das autoridades.