Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Arsenal e Manchester vencem FC Porto e Benfica

Dragões foram derrotados em Londres. Ronaldo e companhia gelaram a Luz. Tiago brilhou em Bucareste, enquanto o Real Madrid goleou o Dínamo Kiev.

A noite de campeões de terça-feira não podia ter sido pior para os portugueses. O FC Porto foi derrotado (0-2) pelo Arsenal, em Inglaterra, enquanto o Benfica perdeu em casa (0-1) com o Manchester United, de Cristiano Ronaldo e Carlos Queirós.

Em Londres, Jesualdo Ferreira apostou na surpresa e colocou Ricardo Costa na esquerda da defesa, fazendo subir Marek Cech para o meio-campo, mas o FC Porto nunca conseguiu fazer tremer a defesa do Arsenal. E foi exactamente pela esquerda da defensiva portista que os «gunners» construíram o primeiro golo da partida, aos 38 minutos. Eboué subiu pelo seu flanco, arrancou um grande cruzamento ao segundo poste, onde surgiu Thierry Henry a cabecear cruzado, sem hipóteses para Helton.

Ao intervalo, o treinador dos azuis-e-brancos mexeu na equipa, fazendo entrar Lisandro e Raul Meireles para os lugares de Ricardo Costa e Hélder Postiga, mas o Arsenal marcou apenas três minutos depois, matando o jogo. Até ao final, o FC Porto tentou chegar ao empate, em vão, e as melhores oportunidades acabaram sempre por pertencer aos londrinos. Os campeões nacionais são agora terceiros classificados do Grupo G, com um ponto. No outro jogo do grupo, o CSKA Moscovo venceu o Hamburgo, próximo adversário dos dragões, por 1-0, com um golo do brasileiro Dudu Cearense.

Ronaldo e companhia gelaram a Luz

No Estádio da Luz o Benfica procurava o reencontro com as grandes noites europeias. E a primeira parte até permitia sonhar com a reedição do encontro da época passada, em que os encarnados afastaram o United da liga milionária, com uma vitória por 2-1. Os comandados de Fernando Santos dominaram o jogo, com uma pressão alta que originou muitas recuperações de bola no último terço do terreno, mas não conseguiram materializar esse domínio em oportunidades de golo. No final dos primeiros 45 minutos, Benfica e Manchester United empatavam no marcador (0-0) e em oportunidades de golo (1-1).

No segundo tempo, os encarnados perderam força e baixaram a pressão, mas mantiveram o controlo das operações, com os «red devils» apostados em defender bem e aproveitar um erro para lançar contra-ataques rápidos. E foi isso mesmo que aconteceu. Num lance em que o Benfica atacava, Petit rematou forte contra os pés de Paulo Jorge, com o ressalto a sobrar para os pés de Rooney. O avançado inglês soltou rápido para Cristiano Ronaldo que, de primeira, solicitou Saha sobre a direita. O francês ganhou terreno e perante a passividade de Anderson puxou a bola para o seu melhor pé, o esquerdo, e desferiu um potente remate cruzado que deixou Quim sem hipóteses.

Depois do golo dos britânicos o Benfica continuou a tentar, mas nunca conseguiu importunar realmente Van der Sar. Até ao final, foi mesmo do Manchester a melhor oportunidade de golo, com Quim a defender um livre de Heinze e as recargas de Fletcher, primeiro e de Alan Smith, depois. Com esta derrota, e com a vitória do Celtic sobre o Copenhaga (1-0), o Benfica ocupa o terceiro lugar do Grupo F, com um ponto apenas (a par dos dinamarqueses), menos dois que o Celtic e menos cinco que o United.

Tiago vence Carlos, Real Madrid goleia

Nos restantes jogos do dia, destaque para a vitória do Lyon em Bucareste, diante do Steaua (3-0). No jogo que opôs Tiago ao guarda-redes Carlos, o médio levou vantagem em todos os capítulos, juntando à vitória colectiva a individual, marcando um dos tentos da sua equipa. Os outros golos foram apontados por Fred (frango monumental de Carlos) e por Benzema. Em Madrid, o Real voltou às grandes noites europeias e goleou o Dínamo de Kiev por 5-1, com Raul e Ruud van Nistelrooy a bizarem. Reyes também facturou, enquanto Milevskyi fez o golo dos ucranianos.

No Grupo H, o outro disputado ontem, o maior destaque foi o empate a zero entre Lille e AC Milan. No outro encontro, AEK e Anderlecht empataram a uma bola, com golos de Frutos para os belgas e de Júlio César (antigo jogador do Gil Vicente) para os gregos.

Esta quarta-feira é a vez do Sporting entrar em campo. Os leões defrontam o Spartak de Moscovo (17h30), na Rússia, e tentam a segunda vitória na Liga dos Campeões, depois de na primeira jornada terem batido o Inter Milão em Alvalade por 1-0.

RESULTADOS DE 3.ª FEIRA

Grupo E:

Real Madrid-Dinamo Kiev, 5-1

Steaua Bucareste-Lyon, 0-3

Grupo F:

Benfica-Manchester United, 0-1

Celtic-FC Copenhaga, 1-0

Grupo G:

Arsenal-F.C. Porto, 2-0

CSKA Moscovo-Hamburgo, 1-0

Grupo H:

Lille-Milan, 0-0

AEK-Anderlecht, 1-1

Classificação:

. Grupo E:

1. Lyon, 6 pontos

2. Real Madrid, 3

3. Steaua Bucareste, 3

4. Dinamo Kiev, 0

. Grupo F:

1. Man. United, 6 pontos

2. Celtic, 3

3. Benfica, 1

4. FC Copenhaga, 1

. Grupo G:

1. Arsenal, 6 pontos

2. CSKA Moscovo, 4

3. FC Porto, 1

4. Hamburgo, 0

. Grupo H:

1. Milan, 4 pontos

2. Anderlecht, 2

3. Lille, 2

4. AEK Atenas, 1