Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

António Costa não comenta pressões da Fenprof

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, não comenta as pressões feitas pela Fenprof mas diz que a autarquia já tem uma vereadora responsável pela Educação, Rosália Vargas.

Quarenta e oito horas depois de iniciar a gestão da Câmara Municipal de Lisboa (CML), António Costa não comenta as exigências apresentadas esta quinta-feira à autarquia, pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof). No entanto, o autarca assegura que o investimento na educação, que fez parte da sua campanha eleitoral, será "a grande prioridade" do actual executivo camarário.

Em declarações ao Expresso, Duarte Moral, assessor de imprensa do gabinete de António Costa, disse que há um grande empenho político do novo presidente da autarquia em melhorar o mais breve possível o estado das escolas públicas do 1º ciclo, da responsabilidade da CML.

Vereadora com bagagem

Entretanto, Rosália Vargas é a nova vereadora para a Educação na Câmara Municipal de Lisboa. A escolha de António Costa recaiu sobre esta antiga Directora da Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica Ciência Viva, do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Esta vereadora, eleita pelo Partido Socialista na lista de candidatura "UnirLisboa", é membro do Conselho Nacional de Educação, do Board do European Network of Science Centres and Museums desde 2001 e, ainda, do International Programme Committee of 5th Science Centre World Congress 2008.