Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Amianto atrasa demolição do Estoril Sol

A remoção cuidadosa de 110 toneladas de amianto puro e de 400 m2 de placas de fibrocimento levou a atrasos nas obras de demolição do antigo hotel.

A demolição do hotel Estoril Sol era para estar concluída em Agosto, mas a detecção de maiores quantidades de amianto do que as inicialmente previstas conduziu a um processo muito mais lento. O espaço do antigo hotel só estará "limpo" lá para o final do ano.

Foram precisos mais de três meses (entre Abril e Julho) para os técnicos da empresa certificada Interamianto conseguirem remover cuidadosamente as 110 toneladas de amianto puro e os 400 metros quadrados de placas de fibrocimento, que foram encaminhados para tratamento adequado em Portugal e em Espanha.

Leia mais na edição de amanhã do Expresso em banca, ou clique aqui para ler na versão e-paper (pdf inteligente para assinantes, disponível a partir das 00h01 de sábado)