Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Alegre diz que discurso de Cavaco foi "excessivo"

O candidato à Presidência da República afirmou que o discurso de Cavaco Silva foi "adequado", mas "excessivo"

O candidato socialista à Presidência da República, Manuel Alegre, considerou que o discurso de Cavaco Silva foi "adequado" mas "tem uma palavra a mais que é 'insustentável'", uma vez que cabe ao Presidente da República dar uma palavra de "confiança".

Em declarações à agência Lusa, Alegre, que disse que não ouviu o discurso do PR, tendo apenas lido o documento, considera que era preciso "incutir confiança" e "mobilizar os portugueses, por maiores que sejam as dificuldades", pelo que foi um discurso "excessivo".

O Presidente da República reconheceu hoje que Portugal chegou a "uma situação insustentável, defendendo o estabelecimento de um "contrato de coesão nacional", no qual cabe aos agentes políticos uma "especial responsabilidade".