Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Alegado pedófilo detido no Algarve extraditado para Austrália

Inglês de 72 anos, detido em março no Algarve, foi extraditado de Portugal para a Austrália e será ouvido hoje num tribunal de Sydney por crimes sexuais contra menores. 

Um inglês de 72 anos, detido em março no Algarve, foi extraditado de Portugal para a Austrália e será ouvido hoje num tribunal de Sydney por crimes sexuais contra menores, noticia a ABC Australia.     O homem, que andava fugido há 10 anos, foi extraditado ao abrigo de um mandado de detenção internacional emitido pela Austrália.     O alegado pedófilo está acusado na Austrália da prática dos crimes de abuso sexual de crianças e agressão sexual agravada em vítimas menores, mas também era procurado pelas autoridades da Nova Zelândia devido à alegada prática dos mesmos crimes.     Segundo a ABC Austrália, o homem deverá ser ouvido hoje no tribunal de Parramatta Bail, em Sydney, por crimes de abuso sexual, nomeadamente de uma menina de nove anos em 1999, e atentado ao pudor agravado.  

Parque de campismo de Olhão 

Na altura da detenção no Algarve, o homem estava alojado sozinho num parque de campismo de Olhão.     Depois de ter sido ouvido na Relação de Évora, a 31 de março, o homem ficou detido no Estabelecimento Prisional de Lisboa até ser extraditado para a Austrália, onde chegou hoje.     Segundo a Polícia Judiciária, o inglês era "procurado internacionalmente há já vários anos e referenciado policialmente como perigoso agressor sexual de menores".     O cumprimento do mandado de detenção envolveu a Unidade de Informação de Investigação Criminal da PJ.      *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.