Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Alegado dirigente da ETA detido

Foi hoje detido numa na localidade francesa de Hendaya o alegado dirigente da ETA Juan Carlos Iriarte Peres. 

O alegado etarra Juan Carlos Iriarte Peres foi hoje detido numa operação conjunta das autoridades francesas e espanholas na localidade francesa de Hendaya, confirmaram fontes da luta anti-terrorista em Espanha.

A detenção decorreu na sequência de informação reunida depois da operação de 20 de maio que levou à detenção do alegado número um do aparelho militar da ETA, Mikel Carrera, do seu número dois Arkaitz Agirregabiria, da alegada etarra Maite Aranalde e do cidadão francês Benoit Aramendi, considerado colaborador da organização separatista basca.

Buscas continuam

A Guarda Civil considera que foi Iriarte quem deu instruções a Aramendi para levar os restantes detidos à casa onde foram capturados.

A casa onde Iriarte foi detido continua a ser alvo de buscas.

O alegado etarra era considerado um dos membros intermediários da rede de extorsão da ETA.

Já esteve detido por várias vezes no passado por envolvimento em ações atribuídas à ETA.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.