Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Ahmadinejad quer debater acordo nuclear

Presidente iraniano quer debater o acordo assinado entre Brasil, Turquia e Irão quanto ao programa nuclear iraniano.

O presidente do Irão espera que as grandes potências "aceitem debater com honestidade, respeito e justiça" o acordo assinado hoje com a Turquia e o Brasil sobre a troca de combustível nuclear, noticiou hoje a IRNA.

De acordo com a agência noticiosa iraniana IRNA, Teerão continuará a enriquecer urânio a 20 por cento, declarou o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, Ramin Mehmanparast, depois da assinatura de um acordo entre o Irão, a Turquia e o Brasil referente a uma troca de combustível na Turquia.

O Irão, a Turquia e o Brasil adotaram hoje um proposta comum de troca no território turco de combustível nuclear iraniano por urânio enriquecido a 20 por cento.

A proposta prevê nomeadamente o envio para a Turquia pelo Irão de 1 200 quilogramas de urânio enriquecido a 3,5 por cento para ali ser trocado por 120 quilogramas de combustível altamente enriquecido (20 por cento) necessário para o reator de investigação nuclear de Teerão.

O Irão tinha começado a fazer o enriquecimento a 20 por cento a 9 de fevereiro último, uma decisão condenada pelas grandes potências.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.