Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Acordo à vista na arbitragem

Liga e árbitros estão à beira de um acordo em matéria de declarações de rendimentos dos homens do apito.

O presidente da Liga de Clubes, Hermínio Loureiro, teve ontem uma reunião confidencial com um representante dos árbitros da I Liga. O encontro, no Hotel Altis, em Lisboa, serviu para resolver a questão da apresentação da declaração de rendimentos dos árbitros, exigida por lei, mas que não tem sido respeitada pelos homens do apito.

“Ainda não chegámos a acordo, mas há condições para avançar”, admite António Sérgio, da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF). “Queremos confidencialidade e que as declarações só sejam consultadas em caso de suspeitas de corrupção e não por qualquer erro técnico”, explica António Sérgio, que também quer que a liga se comprometa “a reconhecer que a actual lei é discriminatória e deve ser alargada aos treinadores de futebol”.

Para o presidente da Liga de Clubes “estes encontros informais vão acontecer sempre que surjam problemas. Já tive o mesmo tipo de reuniões com jogadores e outros agentes do futebol”.

Leia amanhã no EXPRESSO