Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

A Internet em números em 2008

Corbis

Venha daí numa viagem pelos números que melhor retratam a mãe de todas as redes este ano.

Carlos Abreu

Jornalista

A rede planetária de computadores não pára de crescer. Por estes dias, 1,5 mil milhões de seres humanos acedem à Internet para pesquisar informação, ler notícias ou consultar a sua conta bancária. Uma realidade absolutamente incontornável.

Acesso à Internet

90% Percentagem de assinantes dos serviços de Internet que usam conexões em banda larga (fonte: União Internacional de Telecomunicações).

Browsers

20,78% Quota de mercado alcançada em Novembro pelo Firefox, da Mozilla. Pela primeira vez, este browser ultrapassa a barreira dos 20%, num mercado dominado pelo Internet Explorer da Microsoft, utilizado por 69,77% dos cibernautas (fonte: NetApplication).

Cibernautas

1,5 mil milhões Número de pessoas que acedem à Internet em todo o mundo. No seu anuário "Tendências na Reforma das Telecomunicações 2008" a União Internacional de Telecomunicações explica o crescimento regular do número de internautas com a expansão dos acessos em banda larga, que tornam a navegação mais atraente. Destes, 253 milhões acedem à rede na China sendo que o motor de pesquisa em língua chinesa Baidu.com é actualmente um dos 15 sites mais acedidos em todo o mundo bem à frente do HI5, eBay e Flickr. (fonte: UIT e Alexa.com).

27 Número de horas por mês que os norte-americanos passaram online em 2008, mais 6% o que no ano passado. Ainda de acordo com o relatório anual de consumo produzido pela Nielsen, o público de TV também cresceu. Os americanos passam 143 horas por mês em frente da TV, mais 4% do que em 2007, sendo que os dois meios são usados em simultâneo em 31% do tempo (fonte: Nielsen Online).

30% Percentagem do tempo livre passado, em média, pela população mundial online. Entre as actividades mais populares, está o acesso a motores de pesquisa (81%), leitura de notícias (76%), uso de Internet banking (74%), consulta do boletim meteorológico (65%) e pesquisa por produto ou serviço antes de uma compra (63%). Os temas de entretenimento não foram tão populares - assistir a vídeos e ouvir música ficaram com 51% e 44% das preferências (fonte: TNS Global).

46% Percentagem de mulheres que prefere a abstinência sexual a ficar sem Internet durante duas semanas. No mesmo sentido foi a resposta de 30% dos homens (Fonte: Intel/Harris Interactive).

47% Taxa de crescimento entre Setembro e Novembro de novos utilizadores do site de encontros Perfecmatch.com, face ao trimestre anterior. Um estudo conduzido pela Opinion Research concluiu que 57% dos norte-americanos garantem que a crise financeira deixou-os mais preocupados sobre suas vidas amorosas (fonte: Opinion Research).

Comércio electrónico

677 milhões de dólares Volume de vendas online no fim-de-semana de 20 e 21 de Dezembro nos Estados Unidos, praticamente o dobro do montante facturado em igual período do ano passado (341 milhões de dólares). No entanto, as vendas online nos meses de Novembro e Dezembro foram inferiores às do mesmo período de 2007. Até 21 de Dezembro, as lojas online norte-americana facturaram 24,71 mil milhões de dólares, menos 25 milhões de dólares do que há um ano. Efeitos da crise, certamente (fonte: comScore).

846 milhões de dólares Montante gasto em compras online na última Cyber Monday nos Estados Unidos, a 1 de Dezembro, mais 15% do que em 2007. A Cyber Monday assinala-se na segunda-feira seguinte à Black Friday (sexta-feira negra) e constitui o seu equivalente nos domínios do comércio electrónico, isto é, um dia em que a lojas oferecem grandes promoções e descontos (fonte: comScore).

55% Percentagem de cibernautas norte-americanos que comprarão música online em 2013. Actualmente, 18% da música vendida nos Estados Unidos é transaccionada através da Internet (fonte: Forrester Research e Reuters).

8.000 Número de lojas online criadas todos os anos. No entanto, 45% das lojas virtuais fecham suas portas no primeiro ano de actividade, informa Gerson Rolim, director-executivo da Câmara Brasileira de Comércio Electrónico (fonte: camara-e.net).

Conteúdos

5,4 mil milhões Número de vídeos disponíveis no YouTube em Outubro, mês durante o qual atraiu 100 milhões de espectadores. No mesmo período, 147 milhões de norte-americanos viram vídeos na web, o equivalente a 77% dos cibernautas nos Estados Unidos (fonte: comScore).

3 mil milhões Número de fotos disponíveis no site de partilha de imagens, Flickr, em 5 de Novembro (fonte: Flickr).

25 Número de acessos por segundo ao novo álbum dos Guns N' Roses, "Chinese Democracy", no MySpace a 21 de Novembro, dia em que foi estreado online. O CD foi lançado exclusivamente neste popular site social, sendo possível ouvir as músicas, mas não fazer o download. Quando este álbum começou a ser gravado em 1997, não existia iPod, streaming de música (tecnologia que permite escutar música ou ver vídeos directamente na Internet) e muito menos MySpace.

10 milhões Número de fotografias disponibilizadas online pela revista "Life" em parceria com o Google. Muitas destas imagens, captadas por conceituados fotógrafos tais como Gordon Parks, Margaret Bourke-White e Dorothea Lange, ilustram momentos que ficaram para a história do século XX.

40 Número de anos de edições da revista brasileira 'Veja' disponibilizados online, desde que foi publicado o seu primeiro número em 11 de Setembro de 1968.

Democracia

110 milhões Número de visualizações em 16 de Novembro dos 1.800 vídeos publicados no canal oficial de Barack Obama no YouTube. Nunca um candidato à Casa Branca tinha usado tão intensamente a web para fazer passar a sua mensagem. Foi também no YouTube que o Obama publicou, a 15 de Novembro, o seu primeiro discurso como presidente eleito. Em menos de 24 horas, mais de 500 mil pessoas já o tinham visto. "Yes, he can!" (fonte: YouTube)

8,5 milhões Número de visitantes por minuto de sites noticiosos em todo o Mundo entre as 23 horas e a meia-moite de terça-feira, 4 de Novembro, dia das Eleições norte-americanas. Quando foi divulgado que Barack Obama era o grande vencedor, os sites de notícias bateram todos os recordes de visitas desde que este tipo de medições começaram a ser feitas, há três anos. Em situações semelhantes registaram-se três milhões de visitantes por minuto. O site do "The New York Times" recebeu um número recorde de 61,6 milhões de pageviews (páginas completamente transferidas para o computador do internauta) na quarta-feira, em comparação a 55,1 milhões no dia da eleição, segundo dados internos. O site do "The Washington Post" também bateu o recorde na quarta-feira, com 17,5 milhões de pageviews, sendo que no dia anterior havia registado 13,2 milhões. (fonte: Akamai).

Motores de pesquisa

12,6 mil milhões Pesquisas realizadas pelos norte-americanos em Outubro, um aumento de 7% em relação ao mesmo período do ano passado. 63,1% destas pesquisas foram realizadas no Google. O Yahoo segue em segundo lugar com 20,5% das buscas e o Live Search, motor da Microsoft, em terceiro com 8,5% (fonte: comScore).

Segurança

5,3 mil milhões de dólares Valor do mercado paralelo virtual de compra e venda de informações confidenciais tais como números e códigos de acesso a contas bancárias e cartões de crédito. Segundo a Symantec, empresa especializada em segurança informática, o cibercrime evoluiu de economia paralela para um mercado global eficiente em que os bens roubados e serviços relacionados a fraudes são regularmente comprados e vendidos (fonte: Symantec).

55 milhões de euros Montante investido pela Comissão Europeia no programa "Para uma Internet mais segura" (2009-2013). "Proteger as crianças num mundo electrónico cada vez mais sofisticado, permitindo-lhes uma utilização segura dos serviços em linha, como as redes sociais, os blogues e as mensagens instantâneas", é um dos principais objectivos desta iniciativa.

Sites sociais e blogues

140 milhões Número de utilizadores do Facebook. Em Abril de 2007, o Facebook tinha 38,7 milhões de cibernautas registados. Em Junho deste ano, já eram 116,3 milhões. Em Dezembro, 140 milhões. (Fonte: Facebook)

346 milhões Número de leitores de blogues a nível mundial em Março deste ano. Destes, 60,3 milhões residem nos Estados Unidos. De acordo com o "State of the Blogosphere - 2008", estudo patrocinado pela Technorati desde 2004, quatro em cada dez sites de entretenimento são blogues. O "The Huffington Post", por exemplo, que começou por ser um blogue sobre política, foi o site preferido pelos norte-americanos para seguir a campanha eleitoral das presidenciais. Em Setembro de 2008, recebeu mais de 4,5 milhões de visitantes únicos, o que representa um crescimento de 472% em relação a Setembro de 2007 (Technorati e comScore).

FÓRUM: O futuro da imprensa está ameaçado de morte pela Internet, tal como foi previsto neste vídeo em 2004? Comente. Dê-nos a sua opinião.