Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

800 participantes em Lisboa

A Convenção traz a Lisboa 700 individualidades estrangeiras, de todas as universidades e institutos superiores da Europa, a que acrescem 100 participantes portugueses.

A anfitriã do maior debate sobre o futuro do Ensino Superior na Europa é a Universidade de Lisboa (UL). A cerimónia de abertura da IV Convenção da EUA (European Higher Education Association), que decorreu às 13h30, na Aula Magna da Reitoria, tinha como oradores António Sampaio da Nóvoa, reitor da UL, Georg Winckler, presidente da European Universities Association, e José Mariano Gago, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Os oradores falaram para uma plateia recheada de altas individualidades, entre as quais destaque para Ján Figel, comissário europeu para a Educação, Cultura e Juventude, Zhang Xinsheng, ministro da Educação da China, David Ward, presidente do Conselho Americano de Educação, Fernando Seabra Santos, presidente da Conferência Portuguesa de Reitores, Fernando Ramôa Ribeiro, reitor da Universidade Técnica de Lisboa, Manuel Braga da Cruz, reitor da Universidade Católica Portuguesa, e Carlos Reis, reitor da Universidade Aberta.

António Rendas, reitor da Universidade Nova de Lisboa, e Carmona Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, foram os ausentes da cerimónia, fazendo-se representar.

A Convenção traz a Lisboa 700 participantes estrangeiros, de todas as universidades e institutos superiores da Europa, a que acrescem 100 participantes portugueses, que até sábado discutirão a Agenda de Lisboa e o Ensino Superior Europeu depois de 2010.