Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

240 praias vão hastear Bandeira Azul

Treze novas praias vão hastear este ano a Bandeira Azul. Ao todo são 240 as zonas balneares galardoadas em todo o país, o que corresponde a mais de metade das praias classificadas oficialmente

Carla Tomás (www.expresso.pt)

Treze novas praias vão hastear este ano a Bandeira Azul. Ao todo são 240 as zonas balneares galardoadas em todo o país, ou seja, mais de metade das praias classificadas oficialmente, divulgou hoje a Associação Bandeira Azul da Europa.

Entre as premiadas estão 232 zonas balneares costeiras e oito fluviais. O Algarve está no topo, com 69 praias a erguer o símbolo de qualidade. Seguem-se a região Norte com 46, a região do Tejo com 31 (que agrega praias entre a Nazaré e Sesimbra e quatro fluviais) e a do Alentejo com 23. Os Açores e a Madeira somam, respectivamente, 28 e 15 praias galardoadas.

Na corrida entraram 64 municípios, menos quatro que no ano passado. Sintra e Cascais foram duas das autarquias que recusaram concorrer este ano em forma de protesto.

Por isso, 12 zonas balneares destes dois concelhos, que no ano passado foram galardoadas, não irão içar bandeiras azuis este ano.

Protesto em Sintra e Cascais

Em comunicado de imprensa enviado às redacções, a Câmara Municipal de Cascais explica que a decisão surgiu "como forma de protesto em relação à instrução e gestão do processo de candidatura".

Em causa está o facto de, no ano passado, terem sido obrigados a arrear a bandeira azul em algumas das praias onde desaguam ribeiras que arrastaram detritos para as águas balneares originando análises de má qualidade.

"Ao exigir às Câmaras o cumprimento de um conjunto significativo de critérios que não dependem dos municípios, tais como Informação e Educação Ambiental, Qualidade da Água, Gestão Ambiental e Equipamentos, Segurança e Serviços que não dependem da Câmara, o processo de candidatura revela-se absolutamente despropositado e distanciado da realidade", lê-se no comunicado da Câmara de Cascais.

A autarquia afirma continuar a "zelar pela limpeza e desinfecção dos seus areais sem qualquer apoio das entidades competentes". E anuncia que a Época Balnear abre já a 15 de Maio.