Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Embaixada espanhola prestará ajuda a portugueses na Jamaica

Na falta de representação diplomática portuguesa em Kingston serão os congéneres espanhóis a prestar apoio aos turistas lusos que estejam a passar férias na ilha das Caraíbas.

Portugal alertou a Embaixada de Espanha na Jamaica para prestar o apoio que for necessário aos turistas portugueses que se encontram na ilha, perante a aproximação do furacão “Dean”, informou hoje fonte da Secretaria de Estado das Comunidades.

A mesma fonte disse à agência Lusa que um grupo de portugueses contactou sábado o Ministério dos Negócios Estrangeiros, informando que estava na Jamaica e que ia ser transferido do hotel para uma zona de maior segurança perante a aproximação do furacão.

No hotel em causa estavam "cerca de 200 portugueses", desconhecendo a Secretaria de Estado das Comunidades se existem outros turistas nacionais na ilha.

Secretaria de Estado disponibilizou contactos

Portugal não tem representação diplomática na Jamaica, cuja jurisdição pertence à embaixada portuguesa na Venezuela.

De acordo com as regras da União Europeia, quando não existe representação diplomática de um Estado membro numa determinada região é o país melhor situado que presta apoio, pelo que, neste caso, Portugal alertou a Embaixada de Espanha para a situação.

Em relação aos turistas lusos que se encontrem no México ou em Cuba, a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas (SECP) accionou as representações diplomáticas nacionais para estarem de prevenção e prestarem apoio a portugueses caso seja necessário.

A SECP disponibilizou números de telefone especiais em Cuba (00 535
208 57 72) e no México (00 521 555 40 80 342) para os cidaddãos nacionais que estejam na zona e que precisem de apoio.