Siga-nos

Perfil

Expresso

  • À procura do improviso perfeito, com Nani

    Diogo Pombo

    Foi com um bis do capitão que o Sporting ganhou (2-1) ao V. Setúbal e ficou com os mesmos pontos e golo marcados e sofridos que o Benfica, que defrontará na próxima jornada. Mas, como na semana passada, onde os leões ainda encravam e falham como equipa, é onde mais dependem de invenções individuais para sobreviverem

  • Casa de Ferreyra & Pizzi, espeto de pau para o Boavista

    Tiago Oliveira

    O primeiro golo do avançado argentino ao serviço dos encarnados e o quarto tento em dois jogos para o campeonato do médio português pintaram a vitória por 2-0 do Benfica frente ao Boavista, que deixa os encarnados à espera dos resultados dos rivais

  • Um dia anormal na nova vida de Ronaldo

    Diogo Pombo

    A tão ansiada, falada e badalada estreia de Cristiano na Juventus e na Série A aconteceu como, talvez, não se esperava: com a heptacampeã italiana a suar muito para só vencer (2-3) o Chievo aos 92', tarde e sem que algum golo tenha vindo de quem se pagou 100 milhões de euros para os marcar, em massa

  • É hora de acertar os ponteiros

    João Diogo Correia e Carlos Esteves

    Até 16 de agosto, os europeus foram chamados a opinar sobre a mudança 
de hora que fazem duas vezes por ano. 
O horário de verão foi criado 
há mais de um século para aproveitar 
a luz natural e poupar recursos, 
mas pode ter os dias contados. 
O relógio está a contar

  • Que fruto é açaí?

    João Diogo Correia

    Brasileiro, gelado, rico em nutrientes, dado 
a (quase) todas as misturas, não há horas más para o experimentar. O açaí já mora aqui, e promete continuar a invadir casas, paladares e geografias

  • É muito difícil ouvir estas histórias mas estamos aqui também para isso

    Marta Gonçalves

    Há histórias assim no nosso mundo: “Este rapaz tem o corpo marcado por cicatrizes. Ele e o melhor amigo pagaram a traficantes para os levarem de carrinha até à Líbia. Iam apertados com tanta gente, a carga era excessiva e isso diminuía a velocidade e atrasava a viagem. Então, aleatoriamente, os traficantes pegaram em algumas pessoas e dispararam. Mataram-nas. Uma delas era o melhor amigo do rapaz”. Há de ler isto e mais em baixo. Porque há histórias assim no nosso mundo