Anterior
Presidente do campeão Fenerbahçe preso por manipulação de resultado
Seguinte
Real Madrid começa hoje nova época
Página Inicial   >  Desporto  >   Volta a França: Hoogerland suturado com 33 pontos (vídeos)

Volta a França: Hoogerland suturado com 33 pontos (vídeos)

Ciclista holandês Johnny Hoogerland teve de ser suturado com 33 pontos, na sequência de uma queda na nona etapa da Volta a França. As quedas no Tour deste ano sucedem-se. (Veja vídeos de alguns desses episódios).
Lusa |
Johnny Hoogerland ficou ferido nas pernas
Johnny Hoogerland ficou ferido nas pernas / Laurent Cipriani/AP
O ciclista holandês Johnny Hoogerland necessitou de ser suturado com 33 pontos no domingo à noite, no hospital de Saint-Flour, na sequência da queda durante a nona etapa da Volta a França, segundo informou a equipa Vacansoleil. 

Hoogerland deslocou-se ao hospital após a cerimónia protocolar do pódio da nona etapa, durante a qual vestiu a camisola de líder da classificação de montanha. 

Hoogerland foi atropelado e projetado para uma vedação de arame farpado


O holandês e o espanhol Juan Antonio Flecha (Sky) foram abalroados, quando seguiam num grupo de cinco fugitivos, por uma viatura da Euro

Stringer/Reuters Feridas tiveram de ser suturadas com 33 pontos
Media, empresa que produção televisiva do Tour. Hoogerland foi projetado contra uma vedação em arame farpado, sofrendo ferimentos nas duas pernas.

A viatura e o seu condutor foram excluídos pela direção do Tour, apesar de a France Télévisions ter apresentando "todas as desculpas" aos corredores, às equipas e à organização, pelo acidente. 

Quedas e mais quedas


Também na nona etapa, Alexandre Vinokourov, David Zabriski e Jurgen Van den Broek sofreram quedas mais graves. Vinokourov caiu por uma ribanceira e fraturou o fémur, sendo obrigado a desistir. Van den Broek também desistiu, com uma omoplata partida.

Já na quarta-feira, durante a quinta tirada, uma mota tinha provocado a queda ao campeão dinamarquês Nicki Sorensen (Saxo Bank).  O favorito Alberto Contador também já apanhou um susto e estragou uma bicicleta, mas sem consequências físicas de maior.

A "Grande Boucle", agora liderada pelo gaulês Thomas Voeckler (Europcar), cumpre hoje o primeiro dia de descanso, após a nona das 21 etapas da corrida.



Veja a queda de Hoogerland:


Veja Hoogerland a subir ao palco e a chorar:


Veja as quedas de Alexandre Vinokourov, David Zabriski e Jurgen Van den Broek, também na nona etapa:


Veja Nicki Sorensen a cair, na quinta etapa:


Veja a queda de Alberto Contador:

Opinião


Multimédia

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.


Comentários 23 Comentar
ordenar por:
mais votados
aquilo é uma perna...
...ou um presunto???
O aluado já se quer afiambrar.
Re: O aluado já se quer afiambrar.
Re: aquilo é uma perna...
Re: aquilo é uma perna...
Re: aquilo é uma perna...
Tiro ao meco....
Pontaria do gajo do carro.

Fintou para a esquerda e foge pela direita tocando implacavelmente no adversário. Um touqe de génio.

Aselhice do gajo da mota.

Simulou e tentou a finta pela linha e acertou num gajo. Lance passível de falta.

Dois lances de tiro ao meco. Um bem conseguido o outro em falta.

O rapaz da foto precisa de apanhar mais um bocado de sol. Com aquelas marcas até parece que pôs a perna a grelhar....
Até pensei que fora
uma autoflagelação... Rio Grande
FIAMBRE DA PERNA EXTRA
Há notícias que teimam em sair do expresso online...
33/45
Deviam-lhe ter dado a camisola verde, antes.
É isto a Rainha das Provas de Ciclismo
Vi este "acidente" em directo e pergunto-me se aquele condutor não mereceria um processo em tribunal... É que aquela atitude colocou em risco a vida de vários atletas, aquele condutor passa pelos atletas a uma velocidade completamente despropositada.... Isto foi em França e com um veiculo da France TV, gostaria de ver se fosse na volta a portugal... seriamos considerados..... LIXO
Re: É isto a Rainha das Provas de Ciclismo
Re: É isto a Rainha das Provas de Ciclismo
Re: É isto a Rainha das Provas de Ciclismo
Re: É isto a Rainha das Provas de Ciclismo
Hoogerland suturado com 33 pontos. Não é justo!
Hoogerland suturado com 33 pontos e tantos comentadores do Expresso à espera de pontos sem os receberem. Não é justo!
PS. Também sou ciclista (amador) e apesar de anualmente percorrer 7 a 8 mil Km nunca apanhei um pontinho, mas sustos já foram muitos, inclusivamente também já fui abalroado por uma viatura.
Re: Hoogerland suturado com 33 pontos. Não é justo
Re: Hoogerland suturado com 33 pontos. Não é justo
Re: Hoogerland suturado com 33 pontos. Não é justo
Re: Hoogerland suturado com 33 pontos. Não é justo
Re: Hoogerland suturado com 33 pontos. Não é justo
Porque o imbecil...
Porque o imbecil, o parvo, o atrasado mental do tipo que conduzia o carro que os atropelou é uma besta e deveria ser mandado imediatamente embora da volta e ser-lhe tirada a carta de condução. Um ciclista em fuga, a trabalhar como vinha vê-se arredado da competição por uma cavalgadura, um cretino, que nunca devia lá ter ido parar. A organização deveria pagar-lhe e muito do pelo que lhe fez, indminizar este ciclista e o colega atropelado pelo mesmo dinossauro, tanto como vai auferir o ciclista que ganhar a volta. Este e o outro que também foi projectado. O regulamento se não prevê isto deveria prever. As quedas por que escorregam são infelicidades mas estes dois foram atropelados por uma cavalgadura que ia a dormir na forma.
caiu...levantou!
Atletas impressionantes estes!
Ou será do alcatrão?Campos de futebol de alcatrão já!
Comentários 23 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub