Anterior
Pescadores do Quénia lucram com pirataria
Seguinte
Vídeo: Capacetes azuis debaixo de fogo em Mafra
Página Inicial   >  Multimédia  >  Expresso TV  >   Vídeo: Manifestação pela Liberdade de Expressão no Parlamento

Vídeo: Manifestação pela Liberdade de Expressão no Parlamento

Em defesa da Liberdade de Expressão, cerca de 50 pessoas manifestaram-se hoje frente à Assembleia da República. O protesto, que começou na Internet, deu origem a uma petição que conta já com quase 10 mil assinaturas.
|

"Todos pela Liberdade" é o nome do grupo e de uma petição, que circula na Internet, e que quer explicações sobre a alegada tentativa de controle da comunicação social pelo Governo.

O protesto que começou domingo nas redes sociais materializou-se hoje na rua, com uma manifestação em frente ao Parlamento. Em menos de uma semana já quase 10 mil pessoas assinaram a petição.

Os cerca de 50 peticionários que hoje protestaram em frente à Assembleia da República não pedem a demissão do primeiro-ministro, mas querem que este dê explicações.

À excepção do PS, todos os partidos da oposição aceitaram receber os peticionários. Jaime Gama, presidente da Assembleia da República, receberá os manifestantes noutra data.


Opinião


Multimédia

Lombinho de porco com broa e batata a murro

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 


Comentários 44 Comentar
ordenar por:
mais votados
As partidas em falso desclassificam a LIBERDADE

Com esta manifestação na AR, a que o EXPRESSO deu grande guarida, promovendo-a e que as TV's mostraram
a falta de representividade (cerca de 50 pessoas) foi para mim uma tristeza, ver os tratos de polé que os organizadores dão à "LIBERDADE DE EXPRESSÃO", o que me deixa indignado por sentir que de facto quando houver um ataque a sério e real à verdadeira defesa da LIBERDADE DE EXPRESSÃO, estas saidas para a rua, em falso, no futuro não se consegue mobilizar quem de facto defende a LIBERDADE em todos os sentidos da vida, fiquei
sinceramente preocupado.
Entrevista do Presidente do Supremo
Já não me lembro de ver a Judite de Sousa tão "acirrada" contra um cidadão, que ainda por cima é o presidente do supremo tribunal de justiça, ou seja, o último bastião do ESTADO DE DIREITO no nosso país, pelo que o argumento dela de falta de liberdade cai logo aí por terra!!!!
Como é possivel pôr em causa daquela maneira a honestidade e seriedade de um cidadão???? Só os jortnalistas é que são impolutos neste país??? por favor....
Já não se acredita em ninguem... os Juizes e os presidentes do Supremo já não valem nada... QUEM MANDA É A COMUNICAÇÃO SOCIAL E SEUS CAPANGAS???... são os jornalistas... as Santas e impúdicas Manuelas Mouras Guedes e seus maridos (que exemplo de cidadãO ELE É....) É O Crespo com a sua maneira insidiosa de contar as coisas (eu disse CONTAR, NÃO DISSE NOTICIAR...) é a jornalista do SOL (será que ainda há sol?), Felicia Cabrita com as suas dramatizações de tudo o quer conta.... lembram-se da Casa Pia? Do apito dourado? da Noite Branca? da Face Oculta? da Moderna?... raio de mulher...sabe tudo e deve ter montes de amantes nos juizes e magistrados, pois consegue sempre romper com o segredo de justiça em todos os casos mediáticos...
pOR FAVOR, SOMOS UM PAÍS PEQUENO, TEMOS MONTES DE JORNAIS DIÁRIOS E 3 ESTAÇÕES DE tv, QUE PARA ALEM DOS CANAIS GENERALISTAS, TÊM DE MANTER OS NOTICIÁRIOS, nas outras três, 24 HORAS POR DIA....!!!
Por favor poupem-nos um pouco a este circo....
Re: Entrevista do Presidente do Supremo
Re: Entrevista do Presidente do Supremo
Re: Entrevista do Presidente do Supremo
PREC
Cidadãos:
A cidade está em perigo!
Tiraram-nos a palavra!
Acabou a liberdade de expressão e de impressão:
Não podemos falar. Não podemos ler!
Cortaram-nos o pio!
É ele. É ele. É ele o PREC.
Fujamos para o campo.
Para as serras!
É ele o PREC.
Compremos adesivo e fechemos as bocas.
Para sempre
Re:
Re:
Peticionários
Que haja 10 mil peticionários a pensar deste modo,não me admira nada. Há certamente mais de 10 mil comunistas, mas esse facto não nos torna um país comunista ou governado por um país comunista. Não haverá mais de 10 mil contra esta petição? A mesma é colocada na internet, não haver mais de 10 mil que têm acesso á internet e, no entanto, não a vão assinar? Que alguém faça uma afirmação ou acusação é normal, mas os outros não são obrigados a aceitá-la ou a concordar com ela. Foram alegações falsas e não provadas e do tipo destas que correram com o Ferro Rodrigues ao Sócrates e apesar de diversas tentativas, ainda não o conseguiram fazer. Faça-se prova concreta e coloquem o homem em tribunal. Não façam acusações baratas porque nunca houve tanta liberdade de expressão. Antes havia jornais e rádios. Agora há jornais, rádios, televisões, bloques, mail's, jornais gratuitos, etc., e essencialmente muito pasquim. Pasquins a mais... Muitos deles pagos pelas empresas que se dizem grandes paladions da informação, mas também esses têm direito a viver...embora na imundíce. Não comprem boatos, rumores e jogadas baixas por certezas.
Re: Peticionários
Re: Peticionários
Re: Peticionários
Liberdade de expressão
Liberdade de expressão, no meu ponto de vista, deve ter em conta, em primeiro lugar os direitos e liberdades individuais. É óbvio que, pelo que fazem alguns jornalistas, parece que vale tudo. E este vale tudo tem que ver com o devassar da vida privada dos cidadãos, como tem acontecido ultimamente com o PM. Parece haver um tipo de jornalistas cujo objetivo principal é derrubar José Sócrates, por quem têm um indisfarçável ódio de morte.
São peritos em manipular a opinião pública, inventores de
casos, alcoviteiros e caluniadores, incapazes de provarem
aquilo que dizem (ainda estou à espera de ver para crer).
Sou um cidadão comum sem qualquer filiação partidária,
mas completamente enojado com o lodaçal em que algum jornalismo mexe e remexe a toda a hora em todos os
orgãos de comunicação. POUPEM-ME
Eu vi a manifestação...
... e vi o sacrifício dos manifestantes ao transportarem as respectivas botijas de oxigénio...
Coitadinhos... saberão que padecem de asma?
CENSURA
É A LÁPIS VERMELHO OU A AZUL QUE O ENGº. SOCRATES QUER IMPOR?
Re: CENSURA
Liberdade
O sócrates ainda deve pensar que vivemos numa ditadura... e nem deve saber o que foi o 25 de Abril de 1974. VIVA A LIBERDADE!!! Porque um povo uniu-se para obter uma das liberdades mais difíceis de se conseguir: a liberdade de expressão/pensamento.
Re: Liberdade
Re: Liberdade
Re: Liberdade
Re: Liberdade
Re: Liberdade
Re: Liberdade
Re: Liberdade
Paradoxo...
Estamos num regime que, na opinião livre e expressa de muitos, não permite a liberdade de opinião! LOL

Tudo pode estar podre no regime (depende do ponto de vista), mas se há algo livre em Portugal, é a possibilidade de dar opinião (qualificada ou NÃO!) sobre tudo e todos. Por isso não partilho da histeria colectiva que tem tomado certa franja da população...
Re: Paradoxo...
Há liberdade de expressão ?
Estão mesmo convencidos, de que há liberdade de expressão?
Sim. aparentemente, há liberdade de expressão; todos falam, gritam e tal e tal..., mas os jornalistas, não a têm. mesmo que eles digam que escrevem o que lhes dá na vineta..., não é verdade: uns consciente, outros incoscientemente, eles só escrevem o que sabem que os patrões não se importam de publicar.
Ora, se os OCS, são fazedores de opinião..., como é que nós poderemos ter liberdade de expressão? Só a temos, para aquilo que sabemos, que é aquilo que nos é transmitido pelos ditos; nunca teremos liberdade de opinião e respéctiva expressão, do que ignoramos.
TANTOS!...
Ena, tantos!... Mesmo assim, apesar da imensa multidão, deu para enxergar que não estavam lá, nem o Saraiva, nem o Lima, nem a Cabrita, nem o Crespo e nem a Manela. Portanto, deduzo que estes não tem falta de liberdade para escrever...mas, tenho para mim, que estes deveriam ser os primeiros a ser irradiados do jornalismo. Era a forma de acabar com o jornalismo de "encomenda".
Ridículo!!!! Rotfl (rolling on the floor laughing)
50 pessoas..... lol
Ridiculous, patético mesmo....lol
Andou o Público a gastar papel virtual no site dias a fio a convocar uma manif e aparecem 50 pessoas....
Afinal tanta história, tanta história e a montanha pariu um rato... A vergonha é tanta que na primeira página do jornal não aparece nenhuma referência a isso...
Vão é trabalhar malandros que trabalho é uma coisa que não sabem o que é! Querem é andar a viver à custa do Estado (que somos todos nós) com tachos no Governo e Administração Pública e com os concursos que vocês e os amigos ganham. Vão é trabalhar que já começam a perceber que o povo português não é tão burro como vocês imaginam.....
E o Expresso tb faz bem em prestar atenção e começar a perceber que o povo começa a estar francamente saturado de tantos disparates, mentiras e intrigas.
Já dizia o Cavaco Silvam "deixem-nos trabalhar"!!!
 
Re: Ridículo!!!! Rotfl (rolling on the floor laugh
Re: Ridículo!!!! Rotfl (rolling on the floor laugh
Fiquei mais descansado....
Como eu achava que face ao que eu consigo ler e ver para além de ataques pessoais, insultos, e outras faltas de respeito, não havia falta de liberdade de expressão. Mas face ao grande movimento devia estar errado.
Afinal estou mais descansado, há muita gente a pensar como eu...

Agora, uma nota. Porque é que os jornalistas que se sentem pressionados, que sentem falta de liberdade, que acham que as publicações que fazem têm o poder absoluto e a verdade absoluta, não dão o direito a um cidadão que acha que o seu bom nome e a sua honra estão postas em causa e perante um tribunal solicita que actue face à lei? Censura? Eu sei que a maioria dos actuais jornalistas têm menos que 40 anos mas podiam pedir aos mais velhinhos que lhes ensinem o que é censura...
Quanto à maior jornalista de todos os tempos outra nota. Se o seu marido não fosse quem fosse no seu local de trabalho, aquele momento televisivo durava o que durou?
A Margarida oportunista
O que gostaríamos de perguntar à Margarida , a " tal promotora" arreliada com a " liberdade de expressão", com a decência e a honestidade, onde estava a dita quando, descaradamente, se insultou, injuriou, insinuou, inventou, tudo e algo mais sobre o Primeiro Ministro de Portugal, reiteradamente , na TVI, e nos jornais alinhados com as várias oposições, justamente saídas e financiados de sectores onde o Governo do PS meteu a enxada para expor a podridão, e a desenfreada avareza destes chacais da politiquice. Ao outro entulho que pretende que o Primeiro Ministro dê " explicações", recomendo-lhe uma cura de sono. Lacaios, cromos úteis, e margaridas promotoras de reuniões de reformados e vagos, ansiosos por protagonismo, na falta de vida própria, recomendamos-lhe um " retiro espiritual" para repassar os valores , ditos cristãos, que tanto apregoam, e praticá-los nas suas vidinhas quotidianas. Hipócritas !Não há pachorra, francamente !
Os amordaçados!
Estamos perante a revolta dos porcos!

Não há precedentes na democracia portuguesa
Nunca um primeiro-ministro foi tão atacado, difamado e ultrajado de forma infame!

Nunca um político foi alvo de tanta inveja, ódio e raiva, e continuamente acusado e julgado na praça pública por jornais e jornalista sem escrúpulos, entre os quais se destacam a dupla da fotografia, a insuflada, que só é jornalista porque o coscuvilheiro marido a colocou depois de insuflada num pedestal, e esse abutre de cara inchada, formado nas mais hediondas escolas do racismo sul-africano de Pieter Botha.

Há jornais e jornalistas que exigem, chantageiam, querem, podem e mandam. Executam de forma requintada assassínios de carácter. Exigem a mordaça para aqueles que despudoradamente atacam e tentam destruir.

Declaram-se vítimas de censura, para exigirem o silêncio e a submissão daqueles que pretendem sufocar com as suas garras de abutres.

Os Monstros, mesmo que insuflados, não passarão, temos que barrar-lhes o caminho, função que compete à justiça, mas também ao povo que deve dar uma maioria absoluta ainda mais expressiva ao PS e a José Sócrates:
Miguel Baía
Re: Os amordaçados!
Re: Os amordaçados!
Comentários 44 Comentar

Últimas


Pub